usem-me de epitáfio

a vida me espera
ou eu espero a vida?

o que quero ser?
não sei
nunca soube
sempre quis ser várias coisas
sem nunca ter sido nada

agora?
agora sou o que nunca quis ser
e não há nada que eu possa fazer
nem você
nem ninguém

só me resta aguardar
o dia em que morrerei
até lá
usem-me de epitáfio

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.