O QUE É STORYTELLING?

Imagine que agora você entra em uma máquina do tempo e viaja até a pré-história…
Lá você encontra pinturas nas paredes, talvez essas pinturas fossem o Power Point daquela época, essas era a forma de registrar os acontecimentos, as histórias e transmitir para outras pessoas.
Ainda na sua máquina do tempo e viajando por alguns séculos você encontra os grandes contadores de história, os grandes oradores que através da oratória transmitem valores, crenças, ideias e emoções de gerações em gerações.
E perceba que você encontra o surgimento da escrita! E a partir desse momento, as histórias passam a ser transmitidas também pelos grandes escritores, deixando registros importantíssimos sobre a história da humanidade.
Esses registros são tão importantes que alguns governantes e ditadores destroem as obras literárias que transmitiam valores, crenças e ideias que não atendessem aos seus interesses.
E ao continuar sua viagem pela história das histórias você encontra a literatura, o teatro, o cinema, o rádio, a TV… a internet!
O surgimento de profissionais da contação de histórias: jornalistas, professores, publicitários, palestrantes, marqueteiros, e tantos outros.
E chegando aos dias atuais, você percebe que a contação de histórias, o STORYTELLING, está em todas as profissões e nas mais variadas formas de comunicação.
Segundo a Dra. Pamela Rutledge, diretora do Media Psychology Research Center, “Histórias são como pensamos. É com elas que damos significados à vida. Podemos chamá-las de esquemas, roteiros, mapas cognitivos, modelos mentais, metáforas, narrativas. Histórias são como explicamos o funcionamento das coisas, como tomamos decisões, como as justificamos, como convencemos os outros, como entendemos nosso lugar no mundo, como criamos nossa identidade e como definimos e ensinamos os valores sociais. ”
Segundo Carmine Gallo, um dos maiores especialistas mundiais em storytelling:
“Storytelling não é algo que nós fazemos.
Storytelling é o que nós somos. ”
Um grande abraço!