This story is unavailable.

A primeira parte do post é desnecessária, acho que já poderia ter entrado direto na parte em que fala das Helenas. Você deve agradecer muito ao Thiago, os comentários dele são excelentes, ele consegue discorrer sobre as Helenas de maneira equilibrada entre telespectador e investigador do personagem/obra. Já sua visão sobre História de Amor é sofrível, pois você narra a novela ao invés de adentrar na personagem Helena Soares, alias, estranhamente talvez por ser sua novela/Helena preferida, falta um distanciamento quase que empírico para o tratamento da personagem. Em Por Amor isso já se equilibra mais, gosto da maneira como você compara as duas Helenas que poderiam ser tão iguais, por estarem tão próximas em questão de tempo, atriz, autor, diretor, história… mas consegue-se construir uma Helena Viana diferente da Soares. Já em Presença de Anita acho que falta objetividade ao descrever Lúcia Helena, o texto é desnecessariamente longo. Senti falta de mais descrições acerca da Helena de Júlia na novela Em Família, além de Júlia, mais duas atrizes viveram a personagem ainda jovem e fizeram um excelente trabalho. Gostei bastante da descrição do “fracasso” da Helena de Viver a Vida, preciso muito ver essa novela para ter uma ambientação melhor ao falar sobre ela. Já Páginas da Vida concordo com o fracasso na interpretação sofrível de Regina, depois de ser a melhor Helena em História de Amor e dar conta do recado em Por Amor, a Helena de Páginas da Vida só não é péssima porque Regina precisaria errar muito para tanto, mas muitas cenas são destruídas pela atuação acima do tom da atriz. A novela como um todo foi muito irregular, direção péssima, atores mal escalados, muitos personagens sem tramas consistentes, uma pena! Já a Helena de Torloni acho fraca porque creio que ela tenha uma paralelo com a protagonista de Sol de Verão, mas em 2003 uma mulher querer ser feliz e pra isso apelar para o divórcio, a traição, ou qualquer coisa equivalente, apesar de ainda se mostrar algo corajoso, já não era mais visto como uma coisa realmente incrível, talvez por isso seja uma Helena tão fraca, essa trama em 2003 já não seguraria a atenção da audiência, até por isso as tramas da professora que apanha do marido e da mulher que mata e morre por amor foram infinitamente mais discutidas e aguardadas pelo público, mas acho que Torloni deu conta do recado, acho a atuação dela fofa e sofro quando vejo a atriz sendo escalada para tantos personagens ruins que lhe dão ultimamente. Vera foi pra mim um primor, a atuação da atriz não falhou em momento algum, alias, para mim, Laços de Família é um exemplo de novela perfeita, nada para mim deu errado, algumas coisas talvez tenham funcionado menos do que outras, mas é tudo tão impecável que poderia ter sido uma novela inteiramente escrita e gravada, indo ao ar como uma série da netflix onde já está totalmente pronta quando assistimos. Parabéns pela dedicação ao site e obrigado por falar da Helenas do Maneco, esse autor que eu amo tanto ❤

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Maurício Ferreira’s story.