Me chamo Maurílio Bissaro Loureiro, tenho 23 anos, sou de Itabatã-BA, após passar no Técnico em Mecânica pelo IFES me mudei para São Mateus — ES, onde atualmente curso a faculdade de Engenharia de Produção na UFES, com conclusão em dezembro/2018. Faço inglês presencialmente, na Wizard (2 anos e meio).

Estudei muito para conseguir uma vaga na Universidade e Instituto Federal, consegui passar na UFES e no IFES com 17 anos, mudei para São Mateus –ES, onde não conhecia ninguém, o primeiro desafio foi fazer novas amizades e longe dos meus pais. Mas como tenho facilidade em fazer amizades, após 3 meses parecia que eu já era da cidade a muito tempo. As minhas conquistas que me fazem querer ser uma pessoa melhor no mundo, começou nesse momento, quando entrei na Universidade.

No segundo ano de faculdade, fiz parte do projeto social Pré Vest UFES, um cursinho Pré-ENEM, que visa atender os alunos da rede pública da região no qual eu fui professor voluntário de física (2015/2016). Em 2017, fui eleito Presidente — Coordenador. Na função citada, eu coordenava todos os professores (que eram os próprios alunos da Universidade, inclusive, alguns do meu curso) e todas tarefas passavam por mim. Também pude ver de perto como é a vida dessas pessoas, já que eu tinha contato direto com os alunos, entender seus problemas e apoia-los, dizendo que a educação é a porta de entrada para uma vida de sucesso, no qual, é o que realmente acredito. Dessa forma, percebi que existem muitas pessoas que precisam de oportunidades, e que nós podemos fazer a nossa parte na sociedade e mudar a história de alguém. Como resultados, em 2017, dobramos a quantidade de vagas, o período em meses de estudo, e como benefício nós obtivemos uma quantidade 3 vezes maior de alunos aprovados na faculdade pública comparado com o ano anterior.

No início desse ano, me inscrevi no Processo Seletivo de estágio da EMFLORA EMPREENDIMENTOS E SERVIÇOS FLORESTAIS, passei para a área de Qualidade, foi um grande desafio por não entender sobre a área florestal, mas meu objetivo era agregar conhecimento para empresa com o que aprendi na Universidade. Eu estive diretamente com os supervisores operacionais e mesmo como estagiário busquei aplicar ferramentas de gestão nas operações, foi desafiador porque o perfil dos supervisores eram de Executor, baixo planejador e analista, como estagiário as ideias não saíram do papel, mas não desistir e sempre falava sobre planejamento. Com isso, em menos de 3 meses de estágio, eu recebi a proposta para ser efetivado, foi uma grande surpresa, mas pude perceber a diferença que estava fazendo naquele lugar e conseguir aplicar o Kaizen e o 5S no meu setor. Atualmente, trabalho na área de Qualidade Operacional da empresa, sou responsável pela qualidade de 1º nível da empresa e também do planejamento de nossas entradas nas áreas de trabalho. Aprendi que mesmo as pessoa não aceitando sua ideia, não é motivo para desistir delas, pelo contrário, devemos influencia-las a mudar seu comportamento para melhor.

A minha transformação começou quando passei no Processo Seletivo da Empresa Júnior em 2016, fui preparado para o mercado, fazendo/liderando projetos, depois sendo Gerente Comercial em 2017, com uma equipe de 4 pessoas, sendo responsável pela prospecção de clientes e venda dos nossos serviços, saindo de um faturamento de 19 mil reais no final de 2016 para um pouco mais de 54 mil reais no final de 2017. Foi uma fase da minha vida, que estive presente em todos eventos do Movimento Empresa Júnior, ouvindo palestras de grandes empreendedores e pessoas que querem fazer a diferença no mundo. Eu tenho a convicção de que meus resultados na EMFLORA, é referente a todo o aprendizado obtido no movimento empresa júnior, buscando sempre os melhores resultados.

Sou considerado como uma pessoa esforçada, que não mede esforços para alcançar meus objetivos. Busco entregar tarefas dentro do prazo e bem feito, apesar de não ser o melhor da turma, busco ser. Quem me conhece sabe, sempre digo que eu prefiro ser o bobo da mesa, estando entre pessoas que estão pensando 2, 5 anos à minha frente, assim vou chegar no meu objetivo que é ser Gerente e liderar pessoas (equipe). Meus colegas de trabalho, me reconhecem como solucionador de problemas, todos problemas relacionados as nossas atividades mecanizadas é repassado para que eu possa investigar o que ocorreu e trazer a melhor solução para cada ocasião, e isso ocorre pelo fato de ter um perfil analista, buscando detalhes do ocorrido e ser proativo para resolver o problema.

Ultimamente tenho visto o canal chamado “Easy English” para melhorar meu inglês, são vídeos curtos e educativos, obtive resultado para meu Listen. Tenho muito interesse em ouvir pessoas que tem/tiveram uma carreira de sucesso, ouvir os relatos acontecidos por eles em seu período na empresa, principalmente para liderança. Como hobbies, tenho o futevôlei, futebol e academia, amo praticar esportes, sempre que possível faço exercícios.

Escolhi a J&J por ser uma empresa que se trata especificamente na satisfação dos clientes, é um grande desafio atender todos os consumidores, e isso me move, fazer com que os clientes estejam satisfeitos foi um desafio enfrentado na empresa júnior e foi muito bom. A J&J procura o bem-estar das pessoas, então, vai de encontro com o que eu acredito. Eu busco uma carreira promissora, quero ser reconhecido, sabe aquele cara que as pessoas olham e dizem “Aquele é o Maurílio, ele entende muito desse assunto, vai nos ajudar nessa situação”, é isso que eu quero, estando por dentro das estratégias da empresa.

Quero ser lembrado, sendo aquele que ajudou as pessoas a se desenvolverem, a dar o seu melhor. Mas principalmente, quero ser lembrado como um cara honesto e humilde, que conquistou suas coisas sem passar por cima de ninguém, pelo contrário, cresceu juntamente com sua equipe.

Reconhecimento pela área de segurança por identificação de riscos nas áreas operacionais.

No dia 17/10 fui reconhecido pela segurança no programa interno de riscos operacionais, onde consegui identificar riscos nas áreas operacionais.