Breve Introdução Sobre Sexo Tântrico

Tudo que eu evito são sentimentos negativos, e o amor é uma energia deliciosa demais para se evitar.

Carnaval chegando, fabricação de preservativos aumentando drasticamente e eu aqui digitando um artigo de sexo. Sinto em informar mas os foliões não vão poder desfrutar disso. O sexo tântrico é para aqueles que desejam ter mil e uma noites de prazer.

Algumas religiões orientais nos permitem aprender não só as práticas espirituais como outras coisas digamos que…”muy calientes”. Todo mundo já teve contato com uma parte do que é visto como tântrico, quem pegou a era do VHS com certeza já deve ter assistido ou ouvido falar do filme Kama Sutra, para os mais novos restaram só os aplicativos ou vídeos em sites “impróprios”.

Geralmente as pessoas recorrem a essa e outras práticas quando o relacionamento está ruim das pernas ou vai indo pra um lance metódico, é uma boa para todos que estejam em algum tipo de compromisso que vibrem em sintonia equivalente, vale ressaltar que o tantra vai muito além de prazeres carnais.

O sexo em si possui várias nuances, nem sempre as pessoas transam porque sentem ou querem dar prazer, o tema proposto não tem nada haver com luxúria ou campeonato de quem fode melhor.

Para as mulheres que tiverem algum tempo disponível (forem ricas), praticar dança do ventre além de sexy pra caralho, deve fazer um intenso trabalho no chakra, me arrisco até em dizer que é benéfico para o útero. Pompoar também é uma das práticas que estão inclusas no sexo tântrico.

Os homens ficam encarregados de realizar a massagem e tratar a mulher como uma verdadeira Deusa(mulheres também). Ter paciência é crucial, nada de ir para as zonas erógenas nos primeiros minutos, e na hora do vamos ver é necessário ter um grande controle da ejaculação e respiração se for feito em prática pode ajudar quem sofre de ejaculação precoce.

Existem muitas técnicas e formas de prazer para serem descobertas, não preciso dizer que tenho um grande interesse em aprender mais sobre o assunto.

Ainda tem o lance da espiritualidade que eu não irei abordar para não tornar as coisas místicas demais. Mas quem tiver interesse procure a respeito do tantra.

O importante é aproveitar cada momento de entrega total.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.