Por dentro da névoa

Banhos compartilhados na casa de outros me fazem diluir e precipitar numa correnteza de pequenas gotas que se transformam em uma chuva de diferentes sensações.

O chuveiro que só cabe um embaixo. 
O sabonete líquido que eu confundi com shampoo. 
A sensualidade das mãos deslizando no corpo do outro enquanto cria-se branca espuma por entre os dedos. 
A pequena boca que encontra o órgão. 
O prazer que a língua propicia. 
A sensação de alívio. 
A vontade incontrolável de gritar reprimida por um "fica quieto senão meu irmão acorda".

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.