E aí você topa entregar o Pré-Sal para ficar com a Dilma?
Marcus Brancaglione
191

É preciso esclarecer de vez uma coisa.

A quebra do monopólio de uma empresa estatal ou privada para a devida restituição dos recursos naturais ao controle direito dos seus proprietários: a saber cada cidadão brasileiros é legitima. Mas a quebra do monopólio de uma nação sobre a propriedade comum dos seus recursos naturais e estratégicos é a mesma coisa que o roubo e traição.

Não podemos nos fazer nem deixar ser feitos de tolos.

Nem toda posse exclusiva é monopólio. Se você não tem o monopólio sobre o seu corpo ou decisões você é dono nem sequer de você. Da mesma forma que se você não tiver participação política (poder de decisão) nem econômica (dividendos) na coisa políticos nas propriedades públicas você não é dono de nada, mesmo pagando as contas.

Ou seja, já não somos donos de nada quando a coisa publica é confundida com a estatal quando então ela é privatizada, por eles, políticos, a nossa revelia então somos roubados duas vezes. E quem recebe a grana ainda por cima são eles os controladores do Estado e não nós a sociedade.

Se quisermos entregar a administração dos nossas propriedades a empresas privadas, concordo, mas que elas paguem os lucros e dividendos para nós os donos os cidadãos e não eles, esses bandidos que quebraram o país e agora estão rifando nosso bem comum para ver se salvam.

Você ainda acha que é monopólio? Então vá reclamar o fim da interferencia do estado e a desestatização das riquezas naturais lá na terra do verdadeiro livre mercado…

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Marcus Brancaglione’s story.