Um Euro Para Jogar
Jogador-Sonhador
2

Espaços Híbridos (The Evolution of the Gaming Store)

Penso que cada vez mais, cá em Portugal (tal como lá fora), o modelo de loja de gaming tal como foi originalmente concebido deverá modificar-se e adaptar-se à realidade de que é muito complicado, senão impossível, rivalizar com a variedade e preços de venda de jogos, de toda a espécie e feitio, pela internet.

Penso que o futuro passará por espaços como já se vêem vários lá fora (Snakes & Lattes, por exemplo) no qual o gaming surge como acréscimo ao espaço do café/snack-bar/restaurante oferecendo acesso a uma vasta biblioteca de títulos e lucrando de igual forma com o acesso aos jogos e a actividade de restauração (e com a organização de eventos, tal como já acontece hoje em dia).

Agora resta saber se será um ou dois cafés a fazer a aposta neste modelo de negócio ou se, pelo contrário, serão as lojas de gaming a realizar esta metamorfose, seja como for estou convicto de que este deve ser o caminho a seguir e resultará em espaços muito mais acolhedores à prática de gaming em todo o seu espectro.

Como é óbvio a presença de uma ludoteca de acesso reservado faz sentido mais ao nível dos jogos de tabuleiro mas poderá também incorporar alguns decks pré-construídos dos principais TCGs e LCGs presentes no mercado e material relacionado com RPGs.