5 Coisas simples a fazer (e não fazer) para Aumentar a visibilidade do seu site

Proprietários de sites e blogs perguntam-nos com frequência como aumentar a visibilidade e o posicionamento dos seus sites nos nossos resultados de pesquisa orgânica, do Google, por exemplo. E o que respondemos: “Pense nos seus usuários no que podem estar pensando, pois é dessa forma que pensam os buscadores”.

O que é que isto significa na prática? Significa fornecer aos visitantes o conteúdo que eles estão à procura, pois é a relevância que irá direcionar o tráfego para o seu site e com isso fidelizar os clientes.

Muitos proprietários de sites concentram-se na forma como as suas páginas irão ser posicionadas, porém, segundo o Google, a posição é determinada por mais de 200 critérios, visando sempre atender melhor as pesquisas. É muito melhor investir o seu tempo na qualidade do seu conteúdo e na respectiva acessibilidade do seu site do que tentar descobrir formas de “influenciar” um algoritmo do mecanismo de pesquisa.

O que fazer, então?

  1. Crie conteúdo relevante e atraente, os visitantes irão acessar às suas páginas através de vários links; portanto, certifique-se de que cada página chama a atenção.
  2. Envolva os seus visitantes estudando os seus hábitos de visita ao seu site para acelerar a visibilidade e a fidelização dos leitores.
  3. Acompanhe os acessos do seu site, utilizando o Analytics do Google. Analisando as páginas mais visitadas, o tempo de visita, o retorno dos visitantes etc.
  4. Tenha links de alta qualidade para sites ou blogs do mesmo segmento.
  5. Forneça links de texto adequadamente no seu site ou blog, sendo o mais semântico possível, pois isso ajuda nas intenções dos visitantes e certifique-se de que eles incluem termos que descrevem o tópico, isso é muito importante.

O que não fazer:

  1. Não encha a sua página com listas de palavras-chave, procure uma densidade em torno de 2% do total de palavras de cada conteúdo, lembre-se estamos escrevendo para pessoas.
  2. Não tente “camuflar” páginas com texto que possam ser visto pelos mecanismos de pesquisa mas não pelos utilizadores. Isso pode penalizar o seu site ou blog.
  3. Não insira páginas “apenas para rastreio” ao definir páginas ou links cujo único objetivo seja “enganar” os mecanismos de pesquisa.
  4. Não utilize imagens para exibir nomes, conteúdo ou links importantes — os mecanismos de pesquisa não “lêem” imagens.
  5. Não crie várias cópias de uma página em URLs diferentes com a intenção de enganar os mecanismos de pesquisa. Isso pode te levar a ser banido das pesquisas.

Outros elementos são também importante para um bom posicionamento nos sites de buscas, mas os citados acima estão ao alcance de qualquer pessoa.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.