Ensinar a ser

Aquela criança nunca soube muito bem o que dizer

Dizer é coisa importante

Pra se aproximar

Pra se proteger

Pra falar não

Pra compartilhar

Pra dar opinião

Mas sempre que ela tentava abrir a boca

Só saía

Tal, tal, tal

Na, na, nã

Pá, pá, pá

Na casa dela nunca a ensinaram ter voz

Nunca ensinaram que ela podia ser mais que

Comida na mesa

Roupa lavada

Marido e filho

Essa criança nunca sonhou que

Ela podia escolher

Pensar, criar, fazer

Ela nunca se imaginou pegando um microfone

Falando seu nome

De igual pra igual com um homem

Ela nunca pensou que alguém ia parar pra ouvir

O que ela falaria

Essa criança nunca sonhou que faria poesia