O mar do meu lugar

A primeira vez que eu vi o mar, eu não estava com trajes de banho. Eu saía da aula, quando eu vi que a chuva havia mandado um presente pra gente:

Era o mar, na porta da minha escola.

A Vera tentava me puxar de um canto a outro da rua, mas era tanta água que eu mergulhei. Eu vi peixinho, baleia, sereia e golfinho, até que a Vera me tirou do fundo do mar, mas a minha sandália de dedo foi arrastada pela correnteza, e deve ter parado na boca de algum bueiro.