Diálogos na Contemporaneidade é aberto com palestra de Lucia Santaella

Arte e pós-humanismo foram abordados pela pesquisadora

Com estilo vaidoso e jeito bastante simples, a senhora de pouca altura e 71 anos de vida esbanjou conhecimento no Teatro do Centro Cultural da Univates no mês passado, quando esteve na Instituição para falar sobre arte e pós-humanismo. Com o local praticamente lotado e discurso leve, Lucia Santaella falou sobre próteses e manipulação genética, além de explicar sobre os oito tipos de corpos do pós-humanismo. A pesquisadora também esclareceu sobre o processo da inteligência coletiva para a “internet das coisas” e ambientes que têm sensações.

Pós-doutora em Ciências da Comunicação e autora de mais de 40 obras, Lucia foi uma das atrações mais esperadas pelos participantes da atividade, que abriu o Diálogos na Contemporaneidade. A pesquisadora é livre-docente da Universidade de São Paulo, além de ser uma das principais divulgadoras da Semiótica e doutora em Teoria literária.

“O corpo passa a ser a base para a arte”, assim afirmou ao explicar que o ser humano usa a ele mesmo para expressar e manifestar a cultura do seu ambiente. Lucia também brincou ao dizer que as mídias digitais estão embaralhando as cartas do jogo, citando que a revolução tecnológica que estamos atravessando é tão profunda que nós não conseguimos ainda avaliar.

Questionada sobre sua percepção quanto à utilização e apropriação das teorias da semiótica por parte dos alunos na graduação, a pesquisadora relatou que a semiótica estuda todos os tipos de linguagem, o que chamamos de signo, conceituando signo como linguagem.

“É evidente que desde a Revolução Industrial, na invenção da fotografia, depois cinema, depois rádio, televisão, vídeo e agora as mídias digitais, as mensagens estão se multiplicando no mundo. Então a semiótica nos ajuda a compreender como as linguagens operam socialmente, daí a grande importância da semiótica na área da comunicação”, ressaltou ela, justificando que não há comunicação sem algum tipo de linguagem.

Ainda segundo Lucia, quando a gente fala signos em semiótica, não é o signo linguístico apenas, mas todos os tipos de signos imagéticos, sonoros, mímicos, gestuais e outros. Sobre a arte e a comunicação serem assuntos que estão em constante evolução, muito humilde em suas palavras, ela disse: “bem, eu escrevi um livrinho sobre o tema”.

A obra da pós-doutora questiona por que a arte e a comunicação estão convergindo, e ela responde: “ora, toda a arte se faz sobre algum tipo de suporte, antes da existência da fotografia os suportes eram manuais, artesanais. Daí pra frente a arte começou a se aproveitar dos suportes que coincidentemente são suportes da comunicação”, conta. Conforme a pesquisadora, a arte utiliza os mesmos meios de comunicação que são utilizados para informação e para entretenimento, mas é a maneira como os meios são utilizados que a caracterizam como arte.

Vida e Obra de Lucia Santaella

1. Formação
Graduação: Letras Português e Inglês. PUC/SP. (1966)
Doutorado: Teoria Literária PUC/SP (1973)
Pós-Doutorados: Indiana University, EUA (1993)
Gesamthochschule Kassel,Alemanha (2004)
Livre Docência: Ciências da Comunicação.ECA/USP (1993)

2. Atuação profissional e Cargos em instituições científicas
Lucia Santaella é Coordenadora da Pós-graduação em Tecnologias da Inteligência e Design Digital, Diretora do CIMID, Centro de Investigação em Mídias Digitais e Coordenadora do Centro de Estudos Peirceanos, na PUCSP.É presidente honorária da Federação Latino-Americana de Semiótica e Membro Executivo da Associación Mundial de Semiótica Massmediática y Comunicación Global, México, desde 2004.

3. Principais Publicações
Possui 28 livros publicados, dentre os quais 4 são em co-autoria e dois de estudos críticos. Organizou também a edição de 7 livros. Além dos livros, Lucia Santaella tem mais de 200 artigos publicados em periódicos científicos no Brasil e no Exterior.

SANTAELLA, Lucia. Linguagens Líquidas na Era da Mobilidade. 1. ed. São Paulo: Paulus, 2007.
SANTAELLA, Lucia. Corpo e comunicação: Sintoma da cultura. 1. ed. São Paulo: Paulus, 2004.
SANTAELLA, Lucia. Comunicação e semiótica. 1. ed. São Paulo: Hacker, 2004.
SANTAELLA, Lucia. Cultura das Mídias. São Paulo: EXPERIMENTO, 1992
SANTAELLA, Lucia. O Que Semiótica (Coleção Primeiros Passos). São Paulo: BRASILIENSE, 1983.

Fonte: Currículo Lattes

Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id

Siga Lucia nas redes sociais:

Confira a galeria


Melhores momentos do evento.
Entrevista exclusiva com Lucia antes do Diálogos.

Créditos:
Fotos: Bruna Lais Alves
Imagens: Bruna Lais Alves/Melina Azevedo
Texto: Bruna Lais Alves/Melina Azevedo
Edição/Entrevista: Ronaldo Ely Rempel
Pesquisa: Carine Pompermaier