O dia em que um caixa de supermercado me deu uma aula de ostentação

Créditos: BlogMistureba e R7

Hoje, no supermercado, vi uma garrafa muito bonita na área que em geral ficam os produtos devolvidos e perguntei ao caixa do que se tratava. Mas, antes que ele me respondesse, eu peguei a garrafa na mão (isso não foi educado, depois me desculpei) e logo larguei: "Parece um shampoo. O que é isso?"

O caixa, com olhar que era um misto de altivez e raiva me respondeu: "Isso é uma garrafa de água norueguesa mais cara que toda essa sua compra". Então começou uma grande lição de ostentação. A água era da marca norueguesa VOSS. Então, ele me explicou que:

  • A VOSS apresenta características únicas, razão pela qual é considerada a água mais pura do mundo;
  • A VOSS custa R$32,00 no mercado. Custava mais que toda minha compra mesmo;
  • O formato da garrafa, lindo por sinal, e por ser de vidro, conservava a temperatura durante todo o dia, o que ele considerava essencial.

O que mais me constrangeu foi o fato de eu pegar a garrafa, olhar, soltar a piada do shampoo, sem perceber que era dele. Sim, do caixa do supermercado.

A água mais pura do mundo.

No caminho de casa, fiquei pensando que era uma coisa muito incrível um cara que trabalha como caixa de supermercado ter a chance de comprar a água mais pura do mundo. Pensei: "a desigualdade social deve ter diminuído mesmo no Brasil".

Mas, logo em seguida, me lembrei dos Iphones que custam R$3.500. Lembrei do Playstation 4, que beirou os $R4.000. De uma das maiores cargas tributárias do mundo. Fiquei deprimida.

Créditos: Blog Mistureba — R7

Percebi que o caixa comprou a água mais cara do mundo porque quis. Provavelmente não pensou na carga tributária. Ele só queria ostentar e conseguiu. Eu sai do mercado com um pouco da sensação que deve ser viver em Dubai.


Gostou do texto?

Se sim, recomende ou compartilhe, ajudando mais pessoas a encontrar esta história e me motivando nessa vida ingrata de escritora.

Basta clicar no botão Recommend e/ou Share logo abaixo.

Like what you read? Give Melissa Fagundes a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.