leveza do amor.

me carrega por aí 
aliás, me leva
que peso nenhum é bom

bom é saber que a leveza é o que une
e o amor 
o amor que ensinou que pode ser te-quero-agora-não importa-como mas também pode ser calmo
tão calmo que
até o silêncio é confortável

e dar as mãos não é obrigação 
é só pra estar no mesmo passo.

Like what you read? Give Mel Ruiz a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.