Um BDSM de expressões

Sou apaixonado pelo conhecimento e o saber, sempre acho inocentes e perigosas (pois podem virar boçais) aquelas pessoas que acreditam que a sua vivência determina a realidade do mundo inteiro.

Há alusões ao BDSM desde os Gregos e Romanos.

O sexto livro dos Sátiros de 3100 A.C já relatava chicotes e fragelos junto ao sexo, então acreditar que esse movimento BDSM de origem militarista homoafetiva que tem uma média de 30 anos é a base do BDSM é no mínimo inocente (e inocentes furiosos se tornam perigosos).

Sou filho e SADE e sua obra, libertino e amante do prazer e tal como Sátiro minha sexualidade pode machucar ao passo em que dá prazer.

Venha com o coração leve e a mente aberta, não me interessa um BDSM, mas sim suas diversas nuanças e expressões.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.