É hora de dizer adeus…

Mapeei a dedo tuas sardas

Foi difícil entender e compreender. Mas agora é tudo tão claro.

Hoje meu amor saí de sua cidade e vai buscar o infinito e além em São Paulo. Hoje fico triste pelo meu amor não estar com a sua Ama(n)da. Isso é algo muito louco, o sentimento de empatia que nunca achei que poderia viver. Eu fui telespectadora dessa história por frames da redes sociais, check-ins, 140 caracteres no twitter e o pouco que ela compartilhou comigo. Acompanhei esse amor por pelo menos 6 meses. Tentando descobrir cada passo dado, eu enlouqueci. E tudo que eu sabia me corroía e essa era a minha intenção era deixar de amar tanto alguém que eu não poderia mais amar. Nunca tive ódio da Amada, nunca quis o mal dela. Eu só queria ser ela.

Como que eu tenho coragem de torcer para meu amor ficar com outra pessoa?Simples, eu quero o bem e a felicidade dela. A pessoa que esta proporcionando isso é/era a Amada.

Voltando como eu criei empatia. Foi com duas doses de Semancol a primeira quando eu perguntei se o meu amor amava ela e a resposta já esperada foi SIM. A segunda foi um show da AnaVitória que tínhamos feito promessa de irmos juntas no entanto não deu certo porque era na véspera do dia das mães e ela nem mora na mesma cidade que eu. Mas o Semancol não foi ela não ter vindo mas sim a Amada dela ter comprado para elas irem juntas. Eu fiquei chocada pois tinha falado com ela no dia anterior e ela não tinha me falado de ter ido para não me machucar. Mas foi justamente essa ultima ferida que me fez cair na real. As promessas nem sempre podem ser compridas. Mais uma vez não fiquei triste, eu invejei. Meu amor insistiu para eu ver esse show que era muito lindo. Eu estava revoltada por ter que viver o show que ela viveu com a outra. Eu só pensava que horas elas estavam se beijando, que horas que elas trocavam olhares e tudo o que ela viveram com o show. Mas fui teimosa, falei para mim mesma que seria a ultima vez que eu ia sofrer por elas. Comprei o ingresso de uma desconhecida que mora super longe da minha casa e era três vezes mais distante de onde seria o show. Eu fui. Chorando mas EU FUI.

Eu só queria que terminasse aquele show para eu parar de sofrer. Eu estava sem rumo. O show começa com a Ana e a Vitória trazendo uma energia extremamente boa para o público. Nesse momento eu já estava chorando.A primeira música eu chorei, a segunda (Dengo) eu fiquei brava, a terceira eu estava indgnada, chegou a nossa música Trevo (Tu) eu gritei a música e chorei horrores, a quinta música é a música delas (eu dando música ao casal hehe) essa música eu parei e pensei ela poderia se aplicar á nós mas no momento quem verdadeiramente está vivendo aquilo era elas.

“Fica
Fica, me queira e queira ficar
Fica
Fica, me queira, queira”

Se passaram duas música e chegou novamente a nossa música Singular, eu sorri. Não sei o que eu senti só sei que tudo o que tava dentro de mim ao longo do dia foi tirado, eu chorei, eu gritei e não culpei ninguém nem mesmo eu. Não sou otária por amar, não sou trouxa por querer, não sou retardada por querer saber da atual da minha ex. Eu sou humana eu queria lutar por algo que eu acreditava/acredito. Se foi da melhor ou pior maneira eu não sei, só sei que foi do jeito que era para ser. Demorei nove meses para entender. Mas finalmente eu entendi que é possível amar e cuidar de longe e se esse sentimento é verdadeiro suficiente, o seu amor ter encontrado outro amor não vai te tirar da vida dela.

Mas a parte do show que mais me comoveu foi a ultima música.

Agora eu quero ir… e é exatamente o que eu queria mesmo.

“Agora eu quero ir
Pra me reconhecer de volta
Pra me reaprender e me apreender de novo”

No dia 13 de Maio de 2017 eu me abri para mim mesma e para os outros.

Eu finalmente decidi ser feliz, eu encontrei felicidade dentro de mim.

Essa história é maluca, eu sou maluca e não quero esconder isso de ninguém. Eu amo e amo mesmo. Não quero e não vou esconder. Amar é lindo e tem que ser compartilhado.

Obrigada meu amor por ser tão compreensiva comigo e obrigado Amada por também me aturar por tabela.

Vamos ser feliz e aceitar que tudo tem um porque.

Eu amo.

E ao meu Amor que seja extremamente feliz, viva e apareça! TU és o meu orgulho o meu exemplo. TU é o meu amor.

Obrigada.