O admirador secreto

O escarlate das unhas está polvilhado de cinzas. Os lábios são mordidos. O olhar, inquieto, demonstra toda a ansiedade. Ela está na sacada. Acende outro cigarro e o intercala com a xícara de café. E eu a observo no prédio da frente.

Há anos que a olho. Sei seus hábitos. Ela sai para trabalhar às 8h30. Volta entre 19 e 20h. Nas raras vezes em que sai, costuma sair e chegar cedo. E não desgruda do celular. No entanto, hoje é diferente. Algo está errado em seu universo particular.

Ela não me conhece. Mas minha admiração por aquela moça somente cresce. E tudo que eu gostaria era de ao menos saber seu nome.

Like what you read? Give Michele Bernardes a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.