Empresa Fantasma


Sempre que alguém usa essa expressão perto de mim, logo imagino em minha mente uma espécie de escritório com fantasminhas trabalhando em arquivos, telefonando, conversando, carregando papéis e usando gravata.

Mas o tio Google diz que é outra coisa:


Ok, ainda prefiro a minha versão com Gasparzinhos.

O fato é que já parou para pensar que sua empresa não existe além do mundo da imaginação?

Nenhum cliente é atendido por um CNPJ, por folhas de papel ou pelas paredes e sim por pessoas. Sempre que entramos em um estabelecimento, há alguém que representará a empresa por alguns instantes. E se esta pessoa não suprir as necessidades, a culpa é jogada em quem? Na empresa.

A empresa é formada por pessoas e as atitudes delas. Cada um representa, de forma individual, todo o coletivo. Portanto, se somos a empresa em que trabalhamos, sejamos cuidadosos em nossos círculos sociais e profissionais para zelar pelo nosso patrimônio. Além de pensar no “euzinho”, pense no coletivo.

O coletivo é como uma imagem em uma tela artística e todos nós somos responsáveis por manter as cores certas em seus devidos lugares.

E não é só o cliente externo que é atendido por esse conjunto de cores, é o cliente interno também!

O índice alto de rotatividade é um dos grandes dilemas enfrentados em diversos setores privados e impede o desenvolvimento de determinadas áreas — e às vezes, até da empresa inteira.

Perde-se muito em tempo e dinheiro treinando pessoas para um melhor desempenho, e se elas não permanecem o tempo necessário para a maturidade do trabalho em questão, torna-se uma relação perde x perde. O empregador terá de investir novamente em uma nova contratação e treinamento, e o ex-funcionário perde saindo em busca de um novo sonho em meio a um mercado caótico.

As áreas onde o alarme da rotatividade soam devem ser analisadas com muito cuidado e estratégias de Comunicação Interna podem e devem ser aplicadas em todos os casos. Quem investe no endomarketing só tem a ganhar.

Busque alternativas, converse com sua equipe. Funcionários felizes geram clientes mais felizes ainda!

Abrace essa causa!