Hello World — Resiliência em tempos de crise

Primeiramente. Obrigado a você que teve interesse em ler o que começo a escrever a partir de hoje. Tenho minha conta no Medium a algum tempo consumo conteúdo mas nunca me dediquei a publicar algo, até não por falta de vontade mas por rotina de outras coisas. E é um pouco sobre estas outras coisas que venho escrever para vocês hoje.

Trabalho com Desenvolvimento de Sistemas atualmente Front-end em uma empresa aqui de Porto Alegre. Sou dono de uma empresa chamada Masters Mx e que em 2015 precisei infelizmente deixar um pouco o sonho de ter o próprio negócio de lado para sobreviver e alimentar um pequeno Golden Retriever de 45kg chamado Simba.

Simba JR Lütz Tiento Golden True Love

Quando em 2011 decidi largar um emprego bom na minha área para seguir um sonho que tinha des de pequeno o frio na barriga bateu mas a vontade era maior que ela. A jornada é complicada, muito energético ansiedade, medo. Os projetos vem atrasos ocorrem, problemas acontecem. Você tem seu carro arrombado em um supermercado e levam seu notebook com um projeto de potencial muito bom que você não havia feito backup. É amigo a primeira tijolada vem e te acerta no meio. Primeiro projeto cancelado.

Você continua pois são coisas que acontecem, investe em um novo computador e segue em frente. São muitos leões para se matar e algumas mulas para se aturar. Consegui manter projetos funcionais ver a empresa prosperar por 5 anos. Vi pessoas que não acreditavam me falar que gostariam de ter tido a coragem que tive quando eram mais novos.

Tentar e fracassar entra na rotina, mas sempre vão existir pessoas que acreditam e investem em você e em seu projeto. Posso dizer que não sou de família rica e não herdei o negócio da família, mas tive a melhor investidora que se pode ter. Dona Sandra minha amada mãe, investiu em mim quando tinha e quando não tinha. Quando inventava um negócio para fazer dinheiro mas que não ia muito adiante. Responsável por me dar meu primeiro computador 486 dx, de Com um 16 cores e um mouse que não funcionava no qual com a ajuda de um Guru chamado Gelson fez o teclado virar um mouse pelas setas do teclado numérico. Ahh só para saberem Gelson é meu tio físico e também da área de tecnologia, lembro dele me mostrando como clicar em um botão e fazer uma imagem de um foguete andar na tela a alguns bons anos em VB6(Visual Basic) este mesmo que instalou a primeira versão do Front-Page naquele 486 e que em 2001 conversamos e eu disse que queria fazer sites, como aprendi?

Simples…

1 — Ente em um site;
2 — Clique com o direito do mouse e exiba o código fonte;
3 — Copie o código e cole no seu editor de html;
4 — Abra o arquivo no navegador;
5 — Edite o código copiado e veja o que acontece;

Foi o roteiro que me foi passado e que funcionou. Mas não é só isso.

Empreender e quem é empreendedor sabe, é deixar muitas coisas de lado, dizer não para gastos, passeios roupas da moda, lançamentos de jogos, festas …

Mas e a resiliência?

Bom pessoal do meu ponto de vista a resiliência é um exercício e que precisa de algum esforço de sua parte. Tudo o que resumi aqui e é sério não contei muita coisa para não virar um livro. Procure na sua vida coisas que te inspiram e que te fazem seguir em frente, isso te da força para levantar e seguir. Como já dizia nosso amigo Alfred Thaddeus Crane Pennyworth

Para que caímos Sr. Wayne… Para aprendermos a nos levantar.

Hoje estou tentando levantar novamente minha empresa e sei que em breve voltamos ao trilho. Se você leu até aqui obrigado e te desejo muita força. Pretendo trazer um conteúdo legal aqui para quem é desenvolvedor ou não.

Não desista de seus sonhos pois sonhar é um grande passo para o futuro.
Michel Anderson Lütz Teixeira
Essa é minha inspiração (Eu, Simba e minha Noiva Karen)