Terceirização não é o problema

Políticos despreparados ou mal-intencionados buscam prestígio administrando os efeitos e não eliminando as causas dos problemas.
Muitas empresas brasileiras fazem uso da terceirização, mesmos com os riscos jurídicos inerentes, apenas para sobreviver e manter empregos. As causas disso são:

Primeira causa: Encargos trabalhistas

Enquanto encargos trabalhistas em países desenvolvidos como nos Estados Unidos representam apenas 8,84% do valor bruto do salário, no Reino Unido 8,29% e na Dinamarca 5,44%, no Brasil representam estratosféricos 57,56%, o maior do mundo!

Considerando todos os encargos e tributos incidentes, um trabalhador brasileiro com salário nominal de R$1.000 recebe mensalmente menos de R$800, enquanto a empresa desembolsa cerca de R$2.000.

Para competir com países com infraestrutura mais moderna e encargos menores, a saída do empresariado brasileiro foi terceirar algumas atividades para escapar da voracidade sindical e governamental, reduzir seus custos, melhorar sua competitividade para…sobreviver!

Segunda causa: Evolução tecnológica

Nos séculos XIX e XX, as empresas eram obrigatoriamente verticalizadas, isto é, realizavam todas as suas atividades internamente. Isto era possível porque as atividades se mantiveram inalteradas por décadas podendo ser executadas por funcionários contratados e treinados pelas empresas.
Mas, a evolução exponencial das tecnologias, particularmente em informação e comunicação, fez com que as atividades realizadas internamente fossem continuamente alteradas, substituídas ou eliminadas por novas tecnologias, ferramentas, metodologias demandando investimentos cada vez maiores. 
Para permitir que as empresas atendessem as demandas crescentes do mercado surgiram empresas especializadas em algumas atividades oferecendo mais qualidade com menor custo. Ficou impossível para a maioria das empresas manter a competitividade continuando a fazer todas as atividades internamente.
Portanto, a terceirização foi adotada no Brasil, basicamente, para que as empresas pudessem oferecer mais qualidade e continuarem viáveis economicamente. 
Sim, existem exceções, mas a exceção confirma a regra.

Já se perguntou por que tudo é mais barato no exterior? No Brasil tudo é mais caro, apesar da terceirização, não por causa dela.

A terceirização é o efeito que os políticos irão administrar para construir e manter o seu prestígio. Não interessa a eles atacar as causas, a verdadeira raiz do problema: os altíssimos encargos trabalhistas e tributários e a defasagem tecnológica imposta ao país que é atualmente a economia mais fechada entre os países com democracia. Pois,

Se eliminarem as causas do problema o que irão fazer, depois, para mostrar serviço?!

/CSkwh+7��?�Ih