75 Followers
·
Follow

Proposta de prestação de serviço

Image for post
Image for post
Ⓒ E.P.Jacobs

Não compreendo como a direita — neoliberal, conservadora ou extrema — não me convida para lhe fazer o programa de ação. A minha extrema empatia, bem como meu impecável treino antropológico, permitem-me entender perfeitamente o que desejam. As suas propostas carecem de organização, de sistematização, e nisso a minha experiência como docente pode constituir um contributo insubstituível.

Aqui vai a pré-proposta, então, à consideração.

O primeiro ponto do programa poderia resumir-se assim: “O sistema económico não será minimamente alterado”. Isto significa, entre outras coisas, não questionar o capitalismo financeiro, não mexer no rentismo, não tocar nos offshores, privatizar todos os serviços públicos, apertar a legislação laboral.

O segundo ponto do programa poderia resumir-se assim: “O estado social perverte a responsabilidade individual”. Isto significa, entre outras coisas, privatizar o SNS, incentivar seguros privados, reduzir ao mínimo as prestações sociais e os mecanismos da segurança social que incentivam o parasitismo.

O terceiro ponto do programa poderia resumir-se assim: “Respeitar Portugal e os Portugueses”. Isto significa, entre outras coisas, que portuguesas são as pessoas descendentes de portugueses, que o acesso à nacionalidade deve ser tornado praticamente impossível, que a imigração deve ser restringida ao mínimo e deve ser preferencialmente branca e cristã, e que a presente versão oficial da História nacional deve tornar-se verdade inscrita em pedra.

O quarto ponto do programa poderia resumir-se assim: “Todo o identitarismo que não o nacional deve ser proibido”. Isto significa, entre outras coisas, não permitir o radicalismo do antirracismo, a ideologia de género e LGBT, o marxismo cultural e o politicamente correto. As pessoas são naturalmente homens ou mulheres, são heterossexuais, cada raça e cultura deve ficar no seu sítio, as religiões minoritárias devem ser vividas em privado e, no caso específico dos ciganos deve encontrar-se alguma forma de confinamento e vigilância.

O quinto ponto do programa poderia resumir-se assim: “A democracia tem de ser salva das elites corruptas do Regime dominado pela esquerda”. Isto significa, entre outras coisas, limitar a inutilidade histriónica do parlamento, diminuir o salário dos políticos, aceitar a possibilidade da suspensão da democracia quando necessário para enfrentar crises ou conflitos sociais graves, reforçar a figura do Presidente como pai da nação.

O sexto ponto do programa poderia resumir-se assim: “A Justiça e a polícia devem ser implacáveis”. Isto significa, entre outras coisas, diminuir as garantias de defesa e apelo, agravar as penas e o tempo de prisão preventiva, tornar as prisões mais duras e desconfortáveis, introduzir a castração química e a pena de morte.

O sétimo ponto do programa poderia resumir-se assim: “As causas fraturantes devem ser eliminadas”, pois constituem um perigo para a paz dos espíritos e para a coesão nacional. Isto significa, entre outras coisas, retroceder no aborto e no casamento entre pessoas do mesmo sexo, impedir a morte medicamente assistida, retirar a educação sexual das escolas, e todas as iniciativas que perturbem a ordem natural das coisas.

Creio que neoliberais, conservadores e extremistas poderiam reconhecer-se nesta plataforma, congregadora de grandes princípios e unificadora das direitas desavindas por pequenas questiúnculas. Manter o capitalismo tal como se encontra na sua fase atual, eliminar os conflitos sociais, esquecer as ilusões igualitaristas da social-democracia, recusar a igualdade de oportunidades e o seu desprezo pelo mérito, reduzir o papel do estado mas reforçando a sua autoridade repressiva, repor o orgulho nacional e restabelecer a ordem natural das coisas. Isto pode ser feito com moderação, pela via eleitoral e com grande apoio popular, pois as soluções propostas têm uma longa tradição de hegemonia histórica. É preciso unidade e programa, sem cedência aos “consensos” do Regime da Terceira República.

Havendo interesse, poderei facultar um “executive summary”, bem como um primeiro “draft” do programa, esboço para um “flyer” de divulgação, de “powerpoint” para aprrsentações, bem como um conjunto de “memes” para uso nas redes sociais.

Junto, naturalmente, com o IBAN.

Written by

Tentando desempacotar coisas desde 1960

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store