o mal do século

Amaldiçoado seja o filho da puta que começou essa geração desacreditada do amor. Repreendo aqueles que se fazem covardes demais para fugir de algo tão intenso. Seres humanos podres e frágeis que se apoiam em drogas e bebidas para fugirem do sentimento desconhecido que os atormentam.

Mais amor, porra!

Faço destas palavras meu protesto escrito reivindicando amor!

Covardes de merda! Botam a cara a tapa pra política e fogem como ratos do amor. Pleno século XXI e o mal do século se tornou o que antes era inspiração para romances. Amor virou tabu, lenda, desaparecido à meses. Quem achá-lo será bem recompensado pelos romanticistas de plantão. Geração do coração de pedra castigada pelos maus antepassados.

Corajoso mesmo é aquele que abre o coração mesmo nos dias de hoje, disposto a correr todo e qualquer risco.

Medrosos de merda.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.