To aqui me perguntando o mesmo, me perguntando quando foi que esqueci de mim e como me habituei…
Otto Seltha
1

O importante é reconhecer qual parte de você está sentindo isso. As vezes o que a gente sente está preso por um ego, obsessão, carência, entre outras coisas. Você precisa se observar, e ter uma conversa com seu sentimento. Parece loucura, mas converse com você mesmo e vai perceber se tudo isso existe ou você inventou. Se existir, é amor. E o amor existe dentro de você, e não na outra pessoa. O amor é seu, e ele é lindo. O amor é livre, ele vai com você pra onde você for. E cada sentimento passa no tempo certo que deve passar. Tem gente que consegue deixar de sentir rápido e já se apegar em outra pessoa. Tem gente que demora anos. Mas cada sentimento ensina muito! E o tempo de cada um é do jeito que é porque cada um demora o tempo necessário pra aprender com ele. E ai eu lhe digo: o sentir não passa, se transforma.