#NaMídia // Justiça Para Mulheres

A rede de mobilização Minha Campinas abriu um canal de comunicação para a população se manifestar e pedir à Prefeitura apoio para a instalação de um Juizado Especializado em Violência Doméstica e Familiar na Cidade. Trata-se de uma plataforma na internet que direciona qualquer pessoa a um e-mail padrão que é automaticamente enviado para os órgãos competentes na prefeitura.

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo se colocou favorável e à disposição da Prefeitura para estabelecer um convênio e, assim, instalar a Vara. Cláudia Oliveira, da Minha Campinas, explica que essa é uma reivindicação antiga da ong e apesar da instalação da Vara depender principalmente do Governo do Estado e do Tribunal de Justiça, o apoio da prefeitura é necessário para a contratação de uma equipe multidisciplinar, recomendada pela Lei Maria da Penha.

A Vereadora, Mariana Conti, do PSOL, presidente da Comissão Permanente da Mulher do Legislativo, está à frente dessas reivindicações na Câmara. Uma discussão, que segundo ela, ganhou mais importância após o caso de feminicídio ocorrido na virada do ano em Campinas, com o assassinato de Isamara e mais 9 mulheres pelo seu ex-companheiro.

Mariana Conti lembra que violência contra a mulher não é apenas física, mas tem outras formas, como a psicológica e a patrimonial, por exemplo. A OAB de Campinas tem participado desse debate e se posiciona favorável a instalação da Vara, como explica o presidente a OAB Campinas, Daniel Blikstein. O site para enviar a reivindicação à Prefeitura é o www.justicaparamulheres.minhacampinas.org.br

Matéria publicada dia 28/06/17 no Portal CBN Campinas e de autoria da repórter Valéria Hein (http://www.portalcbncampinas.com.br/2017/06/ong-cria-site-para-cobrar-vara-de-violencia-contra-mulher-em-campinas/)

Like what you read? Give Minha Campinas a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.