O quanto ganhamos lendo Virginia Woolf
Stephanie Borges
17511

Lendo você contar sobre sua experiência com VW me fez confirmar a impressão que fiquei ao participar do clube de leitura via skype (para o qual também me convidei rs): as experiências da leitura não terminam nos livros. As vezes nos faltam pedaços para conseguir mergulhos mais intensos, mas isso não significa nem que somos piores, nem que a obra é ruim. Cada um vai construindo uma espécie de mapa pra navegar pela vida, e é com esse mapa que a gente experimenta tudo. É com ele que a gente lê os livros.

Adorei entender mais do seu mapa para ler Virgínia Woolf. Adorei também ter construído um pedaço do meu mapa com nossa conversa no clube de leitura por skype (ainda sem nome), e agora com seu texto. Tenho uma (boa) impressão de que esses momentos foram apenas um pedaço do meu caminho com a autora.

Muito obrigada pelo texto Stephie!

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Carla Soares’s story.