As ondas grandes sabem que são ondas grandes?

rasguei as folhas que escrevi

não terminei aquele poema sobre mãos

as mãos mais belas que já vi

tive receio de me permitir aos encantos

e quando aconteceu não soube o que fazer

tive tanto medo do que sentia e de toda aquela água…

pensei que viria em forma de avião, em Março,

mas eu era o tsunami

é como caçar o inimigo e ver nele a própria imagem

quis cortar o bem pela raiz pra não ter que usar um machado,

pra não ter que cortar uma árvore

que árvore?

sem sol as plantas não vingam

excesso de chuva não garante colheita

inundação

equilíbrio

era tudo o que eu queria

eu tava com um peso que não podia carregar sozinha

espero que um dia compreenda minha forma de amar

e meu medo de fazê-lo

eu sempre fui a onda grande, só não sabia