Minha carreira foi cheia de turning points. Comecei como Designer gráfico e a gana por querer mais ou saber mais foi me fazendo abraçar outras skills para completar o que já sabia. Se sabia ilustrar, queria que esse desenho tivesse movimento. Se sabia fazer um design bonito para uma página, queria ter o comando dela para todas as possibilidades de visualização, mas sempre tive MEDO de programar. Sinto que minha limitação com uma linguagem vem do peso e da importância que todo mundo põe nesse ato.

Um abismo

Eu sempre precisei de um guia, um guia de carne e osso…

Nunca pensei em UX como uma tela. Muita gente resume UX a uma tela, mas a verdade é que UX é o todo ou está no todo!

Quando comecei a trabalhar com experiência do usuário as nomenclaturas não existiam direito. Não é que não existiam, mas elas não estavam sendo moldadas ou escritas em pedra. Tudo era muito na base do teste, de pesquisas e descobrir ferramentas (ainda somos assim acho). Era um lindo mundo novo onde tinham poucos gurus e receitinhas de bolo. Porém, todo caos precisa de ordem ou ele automaticamente se agrupa e se organiza… E ai…

Estou em um conflito direto com minha imagem, aquela do espelho. Eu não queria voltar a me apoiar em clichês pra me sentir bem com a minha imagem, com meu eu.

Quando eu me apoiava em clichês, eu era assediada 70% do tempo. Pessoas vinham falar comigo não pq se importavam e sim pq queria fazer convites, queriam ter algo comigo e não tinham pudor algum de me chamar pra pedir fotos. Esse comportamento, essa falta de respeito, o assédio na internet e no trabalho me fizeram largar mão de ser “bonita” pros outros e eu fiz o maximo pra…

Sabia que para o evento ter assuntos interessantes é necessário que a gente mande nossas propostas de palestras? Nem sempre a gente consegue ter ela aprovada :( Eu sei que isso da um certo desanimo, mas nunca desista de enviar teu tema e quem sabe fazer parte da grade de palestrantes ❤

E você ai que ta pensando em palestrar: Precisamos de você tomando coragem pra mandar aquele assunto que ce acha que ninguém vai curtir, mas que na verdade pode ser a palestra mais foda de todo o evento e até mudar por completo a vida das pessoas.

Precisamos…

Olhar no espelho e não se identificar. Todo mundo já passou por isso, se olhar e não se identificar. Mudamos tanto ao longo dos anos, migramos sentimentos pra outros setores, nos desmontamos, nos montamos novamente e parece que sobra peça.

Sobra peça, sobra espaço, falta vontade e resta uma caixa de dúvidas que optamos por acreditar que ao longo do caminho alguém vai nos responder.

Eu estaria mentindo se viesse te falar que é uma fase, que passa. A verdade é que a cada metro que avançamos temos que escolher se deixamos as velhas dúvidas e costumes de lado ou se vamos continuar mantendo em uma caixa na eterna espera por respostas.

Exposição Gaudi — Instituto Tomie Ohtake SP

2017 e cá estou eu com quase 40 anos de idade. Vida quebrada e remendada. Faz 2 anos que não tenho a chance de trabalhar intensamente com um time, com pessoas. Isso tem afetado minha vontade, crença e capacidade. Não sei falar se foi só falha minha, se foi um conjunto de coisas, mas estou bem confusa sobre o que fazer neste ano. Já fiz lista, já tracei metas, mas a vontade é de não começar. Acho que ficar em casa e parar de estar pro mundo, depender financeiramente da colaboração dos outros, não poder ter algo meu, minou a…

Alguns links adicionais para aprender a programar

No dia 10/12 o Codamos ministrou uma oficina de programação ensinando o básico do desenvolvimento para alguns alunos. O projeto foi uma parceria com o SENAI e tivemos duas turmas bem sucedidas na missão de fazer uma aula em 1 hora. Essa iniciativa fez parte do evento global chamado HORA DO CÓDIGO

Falamos um pouco sobre cada profissão e esperamos que tenhamos plantado algum tipo de semente ou interesse por desenvolvimento na vida vida de cada uma dessas pessoas.

Como a gente sabe que muitas pessoas não conseguiram participar no dia, segue uma lista com links que…

Sentindo que a humanidade é frágil escrevi um texto gigante …

Esse texto escrevi em 2015 depois de receber várias agressões verbais e emocionais de amigos e pessoas queridas. Vale a reflexão, vale pensar o quanto sabotamos bons momentos e amizades para alimentar o ego.

“Nota mental de ontem: eu sou uma boa pessoa.

Não sou neurótica, nem surtada, e muito menos jogo culpa para as pessoas como você chegou a pensar. Eu sou alguém bom que jamais deixaria uma pessoa importante sofrer sozinha com seus problemas se posso ajudar a fazer ela se sentir bem. Eu sou uma boa…

AEWWW!!!! AEW!!!

Ta no ar uma parte do projeto com uma causa que tanto me dediquei e queria mostrar pra vcs para que se cadastrem no Meetup http://www.meetup.com/Codamos-Club/ que em breve vamos por conteúdo, eventos, novidades, mais uma renca de coisa bacana e detalhes do que é o projeto e como vai funcionar.

Nosso site ta vindo e vou deixar vcs a par ;)

Como podem perceber, a temática: mulheres, tech, front, UX e desenvolvimento em todas as vertentes! Conto com vcs pra

Alavancarmos essa proposta e ajudar muitas mulheres ~❤

Já aproveita e curte nossa fanpage https://www.facebook.com/Codamos-467490110124913/?ref=bookmarks

Eu sofro da famosa síndrome do impostor.

Como percebi?

Me vi sendo diariamente soterrada por pensamentos de que não sirvo ou não sei fazer coisas que passei anos fazendo com tanta naturalidade. Não eram pensamentos comuns, eram pensamentos carregados de culpa, de dor, um sentimento de vazio enorme, um medo constante e uma vergonha absurda de receber elogios. Depois de ser chutada de várias oportunidades profissionais, que rolou aquele momento "AGORA VAI!", e simplesmente não deu em nada, toda essa sensação de "o que tô fazendo aqui" começou a me assombrar 24h. …

mjcoffeeholick

UX researcher, UX writer, Senior UX Designer and WebDev. | Diversity & inclusion | Creator of @CodamosClub

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store