Guia Marcus™ Para Dates do Tinder

Desde que as pessoas entenderam que amor é amor, romance é romance e um lance é um lance o flerte, assim como o beijo, acontecem. Eu poderia, sim, buscar diversas referências para explicar isto. Mas sinceramente, você não vai comentar isso no teu date. Ninguém vai. Eu acharia bem estranho.

Se você leu o guia de como dar match no tinder (disponível aqui: Guia Marcus™ Para Matches no Tinder), você provavelmente já tem um match. e se foi suficientemente capaz, já tens um date marcado (que incrível a internet)!

Agora, aproveite o Guia Marcus de Como se Portar no Date.

  1. Marque em locais públicos. Um bar, um restaurantezinho fast food, uma festa ou um parque no domingo. Eu não recomendo o parque por que, além de ser perigoso, não tem muito o que fazer. A pessoa é da mesma cidade que você — e ela provavelmente conhece tão bem quanto os guias turísticos da sua cidade. O bom mesmo é um bar. Você consegue conversar e de quebra fica bêbado levando um caminho ENORME de possibilidades: quem bebe, faz mais amigos. Tem no IBGE, eu li.
  2. Falando em ficar bêbado, segura esse copo. Se não for numa festa, não beba tal qual um perdido no deserto ao achar uma garrafinha de água. Beba o necessário para você ficar mais livre, leve e solto. Ressaltando, isso leva a um caminho enorme de possibilidades: o beijo pode rolar mais cedo do que você imaginou. Você conta coisas que nem são tão engraçadas — mas dane-se, a outra pessoa também tá bêbada!
  3. Conheça previamente o gosto da pessoa. No Orkut isso era mais fácil: você podia chegar com um Yakult 2 litros, citando Tarantino e falando sobre Lost, por exemplo. Era fácil, afinal, as comunidades estavam lá. Entretanto, o Tinder te dá uns interesses em comuns (mesmo que com um leve bug as vezes, tipo não aparecer nenhum). É bem mais legal você chegar com bons assuntos do que o clássico “então você faz Y… Legal, eu tenho uma prima em SP que faz isso) Lembra de como você se portou tão bem na hora do chat? Tente manter isso, a outra pessoa não espera menos que a boa conversa que conquistou o “sim” na hora do “quer sair?”
  4. Não tenha medo de ter iniciativa. Se você quer beijar, e sente que a pessoa também, vai pra cima, jovem! Se a pessoa mostrou interesse durante um date inteiro, provavelmente, sim, ela também quer te beijar. Então, escolha um lugar legal e o momento legal. O problema de ser no final do encontro é que é o final do encontro na maioria das vezes. Parada de onibus, nem pensar. Eu acho muito difícil beijar em pubs e bares por que não tem posicionamento pra isso. Em festas: o momento que você quiser.

Em bares ou pubs: na saída, talvez. 
 Restaurantes: acho que não.

5) Sempre leve camisinhas. Você nunca sabe o que vai acontecer.

6) Crendeuspaitodopoderoso, se possível, evite falar de potenciais conflitos: esquerda x direita, time Y x time N, pop x rock, essas coisas que destroem amizades. Só se você souber que a pessoa compartilha da mesma opinião (vide passo 3). É legal, sim, ter opiniões. Mas no primeiro encontro? Sei não.

Lembre-se: é você que faz o encontro. Eu só dei umas dicas básicas. Espero que ajude você, introvertido que busca uma boca para o dia.

Like what you read? Give Marcus Laitano a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.