“Conhece-te. Aceita-te. Supera-te” (Santo Agostinho)

Igor Monteiro
Oct 15, 2018 · 3 min read

A heroica epopeia de buscar em si o que não está no mundo!

Conta- nos um dos mais tradicionais mitos hindus que o todo Poderoso Brahma foi meticuloso ao decidir onde esconderia a Felicidade humana. Não a enterrou no mais profundo da Terra nem a atirou no mais perigoso dos mares, pois previa o nosso empenho para buscá-la nesses lugares. Brahma optou por escondê-la no único lugar no qual não a buscaríamos: dentro de nós mesmos!

Vivemos tempos em que as ofertas externas de Felicidade alcançável e genuína perpassam nossos olhos em frações de segundos, o tempo todo, no ‘rolar’ de uma tela. Projetamos nossa satisfação em realizações de outros e nos frustramos exatamente por fazer o que Brahma previa, nos negando a revirar de fato a nossa essência (que tanto nos assusta).

No último dia 09 de outubro, a convite do inspirador Gustavo Caldas Brito, pude compartilhar na Escola de Rebeldia da Reserva algumas lições aprendidas a partir de um momento em que não me coube outra saída se não olhar para dentro de mim. Resolvi estendê-las para esse texto, também como forma de agradecer a oportunidade daquele dia e confiando na utilidade delas para você.

  1. SORRIA. Na nossa visão ocidental de CAUSA E EFEITO, acordamos a espera de um motivo diário para lançar aquele sorriso sincero que nos confira o motivo para ter acordado. Subverta essa lógica! Trazendo no rosto um sorriso interativo, descontraído, seu dia ficará melhor como também o das pessoas a sua volta. Vale a pena assistir ao TED do Ron Gutman sobre o tema.
  2. AUTOCONHECIMENTO NÃO É UMA TRAJETÓRIA SOLITÁRIA. Apesar do nome remeter a trajetória do monge meditando sozinho em silêncio absoluto, sempre haverá ao seu lado quem compartilhe das dores e prazeres do conhecer a si mesmo. Se as nossas qualidades despertam no outro a admiração, são as nossas fraquezas, os nossos medos que nos conectam por exibirem nossa forma mais humana.
  3. O QUE TEM VALOR PARA VOCÊ? Uma das palavras do momento é Propósito. Negócio de propósito, vida com propósito,… Na prática, alcançá-lo parece distante muitas vezes, mas toda jornada começa pelo primeiro passo. O tal propósito é construído em cima de valores, ou seja, aquilo que é basicamente inegociável para você. Conexão, verdade, generosidade, curiosidade, entre tantos outros. Já se perguntou quais têm mais valor para você? E se apenas os admira, como incorporá-los no seu dia a dia, dando ainda mais sentido a sua rotina?
  4. ‘VULNERABILIDADE É O CAMINHO DA POTÊNCIA’. Essa eu aprendi com o genial Marcio Libar. O mergulho profundo e verdadeiro em si traz inevitavelmente à tona algumas de nossas ‘vergonhas’ no modo de pensar ou agir, as quais teimamos muitas vezes em esconder por medo do julgamento do outro. Ao amadurecer e descobrir também nessa jornada nossos pontos fortes, tratar essas fraquezas com a naturalidade e sob uma perspectiva muito mais otimista (quem sabe até dar risada disso tudo) tornará a vida muito mais leve.

Em alguns momentos pode doer e fazer pensar demais. Mas o caminho de olhar para dentro vai apresentar novas perguntas e algumas respostas fundamentais na busca pela tão almejada Felicidade. Portanto, siga em frente!

Muito obrigado, Caio Blumer! Demorou mas saiu.

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade