este texto começa quando eu te vi pela primeira vez. para além do desejo físico, meu corpo e mente vivenciaram uma espécie de êxtase: você se destacou no meio do amontoado de pessoas, como se a vida fosse um palco e os refletores focassem exatamente em você. tentamos, de todas as formas, explicar os processos que ocorrem no âmago do nosso ser. em particular, falho na tentativa de ousar quando o que mais quero é sentir o gosto da sua boca, mesmo se o sabor for calabresa acebolada. dá a impressão de que falhei, porque houve a materialização do cenário: um date, um momento nosso. nem balela, nem desespero. é só o feeling que sinto quando você acredita ter encontrado a pessoa por quem você pode falar o quanto você a quer, sem ter medo de parecer um doido. mesmo que isso realmente aconteça.

Like what you read? Give tropicaos a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.