shorts e calças

nossa cidade sempre foi um ícone pelas praias e pelo calor que aqui se faz presente. é comum os reloginhos do tempo instalados pela cidade marcar de 32 graus a 35 graus celsius a temperatura daqui. na pele, a sensação térmica é insurportável: procuro meios para me livrar do calor. usar shorts, blusinhas finas, munir-se de garrafinha com água, banhar-se de protetor solar e uma toalha para secar o rosto fazem parte do ritual cabalístico que pratico e do arsenal que levo comigo para evitar sentir calor. o calor daqui perpassa a barreira do sentir.

isso tudo é só uma introduçãozinha sobre o que eu realmente quero falar: shorts e calças.

ultimamente, teve uma história de que umas garotas foram proibidas de usar shorts — por motivos bem pífios & machistas. a sugestão dada foi usar algo que cobrisse as pernas. adivinha o que entra nisso? a maldita calça.

quem me conhece mesmo sabe que odeio calças. o caimento, o comprimento, os modelos, o calor que essa coisa nos condena, esses sendo um dos fatores que os considero bastante plausível para declarar coerente essa minha aversão por tal peça. o ruim é que as calças são requeridas em diversas ocasiões, muitas delas formais — outro aspecto que não me agrada muito. precisamos ser mais transgressores. então, hoje mesmo decidi usar uma bermuda jeans numa entrevista de emprego: foi show de brisa!

a deixa é essa: use shorts, bermudas e afins e não importa o quão errado façam isso parecer. é só uma roupa!!!

p.s.: há quem goste de calças. nada contra, até tenho amigos que usam.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated tropicaos’s story.