Suicídio e transtornos mentais: Alguns motivos pelos quais você não deve falar sobre o seu…
O Misantropo
81

Eu adoro a sinceridade dos seus textos. Fiquei feliz ao ler que sua meta é morrer naturalmente. Eu não sou capaz nem de imaginar como seja difícil, mas eu sou da teoria de que todo lugar tem mais gente babaca do que legal, com esse assunto não vai ser diferente, sabe? Mas nem por isso deixa de existir pessoas que realmente se preocupam. A vida é difícil, corrida, mal conseguimos cuidar de nós mesmos. E você tem muita razão, a maior parte das pessoas aqui na internet não querem saber de sofrimento e muito menos encarar, não sabem o que é sofrer nesta intensidade. Mas emoções não foram feitas pra serem julgadas ou mensuradas, foram feitas pra serem sentidas. Não tem certo ou errado, são sentimentos. Tanto um intenso como o seu, como o fútil de alguém. Todos estamos batalhando, mas não significa que não exista quem queira te ajudar. Eu creio que já vivi o suficiente pra constatar que nunca estamos desamparados, por pior que seja. Tente não traçar expectativas, só viver com calma cada dia. O que mais emputece são as expectativas frustradas. :/ Conte comigo com o que precisar, só que eu não uso muito o Médium. Me procure qualquer coisa, está bem? Não conheço nenhuma forma de te contatar sem ser por aqui, se não eu iria atrás. Desejo força e que as coisas melhorem, de coração.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Artur Kirchenchtejn’s story.