Precisamos arborizar nossa cidade


Getúlio (esq) agradece os votos plantando árvores

O vereador eleito de São Gabriel da Palha (ES), Getúlio Filho, pretende transformar o número de votos obtidos em árvores. Essa foi a maneira escolhida por ele para agradecer às 494 pessoas que o elegeram.

Com a ajuda de amigos e voluntários, já foram plantadas mais de 200 árvores e a intenção é finalizar o processo até o final deste ano. O objetivo é chamar atenção das pessoas para a proteção dos recursos hídricos e do meio ambiente.

Tal iniciativa é muito bem vinda, merece o nosso aplauso e deveria servir de modelo para os eleitos de Itabirito (MG), pois se a ideia é o agradecimento, quem mais agradece é a população e a natureza.

Arborizar uma cidade é fundamental para a qualidade de vida dos moradores, pois, além de absorver ruídos, diminuir o calor do sol, constituir filtro para a purificação do ar, as árvores também abastecem os lençóis freáticos.

Outro ponto importante da arborização urbana é a questão econômica, pois os imóveis situados em ruas com muitas árvores são mais valorizados.

Apesar de todos esses benefícios, infelizmente em Itabirito não há uma cultura de promover a arborização das vias públicas. Trata-se de um componente muito importante da vida das cidades e que aqui é pouco valorizado do ponto de vista administrativo e por grande parte dos moradores.

Por exemplo, faz-se urgente arborizar as margens do rio Itabirito, em especial à montante do centro comercial e nas periferias, para evitar a ocupação desordenada do entorno, prevenindo assim, desastres que custam vidas e oneram o poder público.

Ações dessa ordem embelezariam a cidade, pois criariam um corredor para pássaros e pequenos animais silvestres, além de produzirem nichos de lazer para a população e para os turistas.

A grande maioria dos guias de paisagismo considera como ideal para as áreas urbanas a existência de 12 metros quadrados de área verde por habitante. Praticamente todas as cidades do Brasil estão longe deste índice e Itabirito não é exceção.

Felizmente o vereador de São Gabriel da Palha não está só nessa empreitada. Alguns municípios estão investindo em campanhas para incentivar o plantio de árvores, deixando as cidades mais verdes e mais bonitas.

Na cidade mineira de Senhora dos Remédios, as pessoas adquiriram o hábito de plantar uma árvore cada vez que nasce um bebê. A campanha caiu na internet e viralizou. Hoje, Clevelândia (PR), Sorocaba (SP), Diamantina (MG), Guarapari (ES), Itaperuna (RJ), Ituverava (SP), Penápolis (SP), Passos (MG), Tramandaí (MG), São José do Rio Preto (SP) e São Caetano do Sul (SP), já implantaram o projeto “Uma criança, uma árvore”.

Apesar de parecer simples, o trabalho de plantio é bem complexo. Primeiro se mapeia as áreas aptas a receberem as espécies. Depois é feita a abertura das covas, a adubação e o plantio. Por fim, vem a parte mais importante, que é o monitoramento por até um ano. Nesse período se faz o controle das pragas, adubações de cobertura e podas para a formação das copas.

Apesar de todos os esforços cerca de 20% das mudas morre durante esse processo. Outro problema grave é a questão do vandalismo. Muitas árvores são destruídas gratuitamente por pessoas inescrupulosas.

Acredito que o atual mandatário do executivo deva tratar a questão ambiental como uma das prioridades de seu mandato. Tal temática é tão importante para Itabirito como o desenvolvimento econômico municipal.

É necessária a adoção urgente de metas claras de desenvolvimento sustentável e tratar com severidade os desmatamentos urbanos, responsáveis por comprometer a qualidade de vida dos moradores.

Para se ter uma ideia da dimensão do problema, o coordenador da ONG Águas de Acuruí, Odilon Lima, denuncia o desmatamento recente de cerca de 5 mil metros quadrados de Mata Atlântica, de topo, dentro da cidade, na avenida que liga o bairro Itaubira aos Portões.

Ele alerta que ao longo da mesma avenida várias outras áreas de Mata Atlântica estão sendo desmatadas e loteadas de modo irregular, sem nenhum respeito ao meio ambiente

Espero que nossos vereadores vistam a camisa da causa verde, fiscalizem com rigor os descumprimentos das normas ambientais, exijam uma postura firme do executivo em relação ao tema e não deixem de desenvolver projetos de lei e indicações em prol do meio ambiente.

Todos nós temos muito a ganhar com uma Itabirito mais verde e arborizada.

Like what you read? Give Marcelo Rebelo a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.