Vereadores aprovam 13 projetos concedendo honrarias

Os vereadores votaram e aprovaram 13 Projetos de Resoluções, responsáveis por conceder honrarias, medalhas, homenagens e títulos a pessoas que se destacam em prol do desenvolvimento do município. Eles também rejeitaram por oito votos a quatro, o Projeto de Lei 34/2017 de autoria do vereador Ricardo Oliveira, responsável por colocar no currículo das escolas municipais o ensino de Educação Ambiental.

Grande parte das falas dos vereadores inscritos foi para prestar solidariedade ao ex-vereador Ricardo Francisco e sua esposa Denise, pelo falecimento de sua filha Júlia, ocorrida de forma inesperada no último sábado (26/08). Eles lamentaram o ocorrido e desejaram votos de força e fé para a família.

O vereador Geraldo Mendanha, como tem feito em várias Sessões, intercedeu mais uma vez para que as operadoras de telefonia levem o acesso de internet e telefone para a zona rural de Itabirito.

O vereador Max Fortes falou sobre a Lei 2.853, responsável por doar o terreno para a Coca Cola, que prevê uma série de contrapartidas para Itabirito como a contratação de mão de obra local, podendo gerar até 500 postos de trabalho diretos e 200 indiretos.

Ele propôs alterar a redação dessa lei, ao invés de “preferencialmente” a mão de obra passa a ser “obrigatória” de Itabirito estipulando um percentual mínimo a ser exigido na nova redação. Max espera que a empresa contrate pelo menos 80% de trabalhadores locais.

O Projeto já foi encaminhado para a comissão responsável, onde aguarda parecer para voltar a plenário para votação.

Pauta do dia 28/08
Pauta do dia 28/08

A primeira parte da Sessão foi marcada pela apresentação de correspondências, indicações e requerimentos. A Sessão foi finalizada com a aprovação das indicações, dos requerimentos, dos Projetos de Resolução e com a entrada em pauta de um novo Projeto, que será encaminhado para a respectiva comissão e depois voltará para ser discutido e votado em plenário.