Anyone can publish on Medium per our Policies, but we don’t fact-check every story. For more info about the coronavirus, see cdc.gov.

Raphael Leão
Mar 24 · 2 min read

Uma forma abençoada de dizer SIM às dores do Coronavírus

Cuidar da vida, cuidar de si é o melhor que se tem a fazer.”

Eis a grande mensagem daquele que chegou de forma absurdamente cruel e nos fez parar.

Por medo, amor ou prudência, solidariedade, não importa. Estamos todos perplexos, assustados e gratos a Europa, China e a tantos…

Pela dor de todos eles, temos recebido instruções preciosas para manter a vida.

Ao cuidar de você, todos estarão sendo cuidados.

Chegou o tempo do amor maior, ser mais gentis e cuidadosos de si, é vida.

Cuidar é sinônimo de liberdade, futuro, de continuar.

O mundo estava acelerado…

Você, eu, o mundo estávamos acelerados…

O trabalho ininterrupto imposto pelo poder digital tomou a todos.

O que vivíamos de forma inconsciente, o Coronavírus nos deu ciência de filhos carentes de pais; de casais sem tempo para se olhar; pessoas jovens se cansando e caindo…

Sim, o coronavírus chegou impondo ao mundo uma PAUSA.

Correr demais já não faz nenhum sentido.

Lembrando do rabino Nilton Bonder, escritor, quando um tempo atrás, escrevia: “nossos domingos precisam de feriados”…

Sim, Bonder já antecipava em sua sapiência sobre a necessidade da PAUSA.

Faz parte do planeta, da natureza humana, a necessidade natural sobre ‘PAUSA’. A noite é pausa, o inverno é pausa, a doença é pausa.

Quem poderia pensar sobre o Coronavírus como PAUSA.

Coronavírus é PAUSA…

PAUSA é a palavra!

Fonte: Sônia Farias (Ipê Roxo – Instituto de Constelação Familiar)

Raphael Leão
Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade