Treze graus

O termômetro lá fora marca 13°. A janela entreaberta deixa todo o frio entrar e percorre meu corpo.

A lembrança desses dias frios me fazem lembrar o quanto o teu toque fazia ele passar. O calor da ponta dos teus dedos em massagem percorria minhas costas em linhas. A temperatura do teu peito era o cobertor perfeito que me aquecia. As tuas pernas entrelaçadas nas minhas. Fogo.

Dia frio e toque quente, o paradoxo biológico do teu eu em mim.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.