As maiores doideiras de Mike Tyson

É um perfil meio NSFW (não pornô, mas é conteúdo pesado).

Com toda certeza do mundo, um dos melhores boxeadores de todos os tempos. E com a mesma certeza, um dos personagens mais malucos que esse mundo já viu.


O objetivo desse texto é fazer um overview da carreira do Mike Tyson. Escrevi porque vi que essa figura aparecer em várias conversas e ninguém tem muita informação sobre ele. O que eu fiz foi juntar tudo que é digno de gerar assunto e colocar aqui do meu jeitinho.

Lê o texto e leva essa pauta pra galera que vai ser uma puta conversa.

Gostaria também de afirmar que fiz um grande esforço pra ser digno ao que ele disse de fato. Eu só tô aqui reportando a história de uma lenda.


Primeiro, o nascimento. Isso foi em 1966, no Brooklyn.

Segundo, temos que dar algumas credencias do trampo dele. Até hoje, ele é o boxeador peso-pesado mais novo a ganhar um cinturão, quando ele tinha só 20 anos e 4 meses. Isso foi em 1986.

Ele tem algumas credenciais assustadoras. Tipo, ele venceu as 19 primeiras lutas profissionais por nocaute. E piora: 12 dessas 19, ele nocauteou o outro brother no primeiro round.

A pergunta que sempre vem na nossa cabeça é: como um brother, com 20 anos, já é campeão mundial de boxe?

E aí que o Iron Mike vai te surpreender.

De acordo com ele próprio, a primeira vez que deu um soco em alguém foi quando tinha 10 anos. Um “bully” mais velho arrancou a cabeça do pombo de estimação dele.

“The guy ripped the head off my pigeon. This was the first thing I ever loved in my life, the pigeon.” TYSON, Mike

Agora Mike sabia do que era capaz e seguiu a vida. Aí aos 13 anos ele já tinha sido preso 38 vezes. Assim, foi pra centros de detenção e aprendeu a brigar lá dentro. Um dos cuidadores desses centros (o ex-boxeador Bobby Stewart) viu uma habilidade nata pro pugilismo em Tyson.

Depois de treinar Mike um pouco, Bobby levou ele pra conhecer a lenda do boxe, Cus D’Amato. Foi Cus que deu o estilo de defesa Peek a Boo pra Mike Tyson. Se fala muito da violência do ataque de Tyson, mas a defesa dele era absurda também. Tanto que existem vários vídeos tributo ao estilo dele. Peguei o que tinha mais views no YouTube.

4m 46s de duração

Claro que ele era um fenômeno no ringue. Disso não existe dúvida. Ninguém é o campeão mais novo da história de graça.

Mas a fama toda não é só pelo que ele fazia no boxe. Esse ícone da nossa cultura só virou o que virou porque ele era completamente maluco. E essa é a parte mais interessante do texto — pelo menos na minha opinião.

Ele nunca soube ficar sereno. Já quase no meio da carreira, com 25 anos, ele foi preso por estupro. Pegou só 6 anos de cadeia, e pior: pagou menos de 3 e foi liberado.

Obviamente, ele não ia ficar longe do boxe. É o que ele sabia fazer.

Na volta, ele tem dois grandes confrontos. Duas lutas com Evander Holyfield e uma com Lennox Lewis.

Em 1996, na primeira luta com Holyfield, Tyson foi nocauteado. O camp do Mike alegou golpes ilegais com a cabeça por parte de Holyfield, mas o resultado oficial foi esse mesmo.

Na segunda luta (1997), temos a famosa mordida na orelha que na verdade foram duas. A primeira machucou Holyfield, Tyson perdeu pontos mas a luta continuou. Na segunda, Mike arrancou um pedaço da orelha do adversário e a luta foi interrompida.

1m 16s de duração

Interessante que esse pedaço de orelha foi achado no ringue depois.

O segundo confronto marcante, como falei antes, foi com Lewis, em 2002. E essa história é interessante por causa de toda treta pré-luta. Os dois “camps” se envolveram em brigas e Tyson chegou ao ponto de falar que queria comer os filhos de Lewis.

“I want your heart, I want to eat your children.” TYSON, Mike mais uma vez.

Mais pra frente em sua carreira, ele declarou falência (2003), disse que gastou 62 milhões de dólares num ano porque queria se divertir um pouco, já sumiu pra fazer festa e voltou com uma tatuagem na cara.

Testemunhos da insanidade desse ícone não faltam. E já que não faltam mesmo, quero mostrar mais uns.

Me sinto obrigado a avisar que Mike Tyson seria considerado extremamente homofóbico e machista atualmente. Se tu é sensível pra esse tipo de coisa, não recomendo que continue. E por defesa pessoal, me sinto obrigado a dizer que as opiniões dele não refletem as minhas de maneira alguma.
Só tô aqui reportando a história.

STRAIGHT DISRESPECTING THE REPORTER

Em 1999, antes de uma luta com Francois Botha, depois da mordida na orelha de Holyfield, ele fez uma chamada ao vivo pra TV. Nessa chamada ao vivo, ele falou “vou matar esse filho da puta” com 12 segundos de entrevista. Quando Mike é questionado sobre raiva, ele fala “foda-se, é uma luta”. Aí o repórter, já um pouco constrangido, reclama da linguagem de Tyson.

A resposta, naturalmente, é “se fode”. Se liga só.

1m 4s de duração

I’VE LEARNED TO FORNICATE

De alguma maneira, Tyson aprendeu o que significava a palavra “fornicar”. Ele começou a usar ela em várias entrevistas durante um período. Um dos momentos mais marcantes dele usando o termo é dando uma entrevista e aí ele mete essa pra uma repórter:

”I usually don’t do interviews with women unless I fornicate with them”
51s de duração

HOW TO HAVE SEX IN PRISON

No Opie and Anthony Show, um programa de rádio americano, ele conta e até demonstra um pouco como fazia pra transar dentro da cadeia. Que ladaia é esse ser humano.

3m e 28s de duração

YOU WILL LOVE ME

Um dos deliveries de discurso mais intensos que eu já vi na minha vida. Até vou dissertar um pouco mais sobre isso aqui. Depois de morder a orelha de Holyfield, um fã grita pro Mike “coloca ele numa camisa de força” e o bicho se enfurece.

Depois de uns 30s de ofensas puras, Tyson diz uma das frases mais icônicas da história do esporte.

“I‘ll fuck you till you love me, faggot!!”

De algum jeito, na cabeça do Mike Tyson, ele ia comer tanto o cara que só o outro cara ia virar “bicha”. Não sei como ele chegou nessa conclusão mas o vídeo tá aqui. Esse é especial.

50s de vídeo

I’M THE BEST EVER

Em 2000, depois de nocautear um pinta em menos de 40s, ele deu uma das entrevistas mais malucas, mais sem sentido, mais inflamadas da carreira dele. Nessa fala aqui que ele diz “eu vou comer teus filhos” — vide menção acima.

Ah. E reparem no final da fala dele aqui.

1min 16s de vídeo
“Vou comer teus filhos. Fé pra Allah.”

Que figuraça.

Sei que, como ele tem a fala toda enrolada, é meio difícil entender as vezes. Eu achei esse link aqui do Genius, explicando todo o discurso.

CRAZIEST MOMENTS

E claro, como toda lenda, tem uma compilação no YouTube que compartilho com vocês aqui.

E gostaria de mencionar aqui o vídeo dele explicado porque ele comprou 4 tigres e também a vez que caiu de um hoverboard. Tudo ouro.

Acho que essas são as histórias mais “dignas de assunto” dessa lenda. Enfim. Já ocupei bastante o tempo de vocês. Vou encerrar por aqui.

Muito obrigado, de verdade mesmo, por ter lido até aqui. Espero que tenha curtido o texto. Se curtiu, dá um ❤ ali embaixo. Se tiver alguma outra história dele, manda uma resposta contando aí que eu vou curtir saber, com certeza.

Se quiser continuar acompanhando meu conteúdo, assina minha newsletter.

A proposta é: toda semana eu mando um email com o que rolou de mais interessante no mundo pra vocês.

Se quiser ver as outras edições antes, clica aqui.

Meu role é trocar ideia. Se quiser me conhecer ou conversar comigo, pode me chamar em qualquer rede social.

FB | Twitter | Insta | YouTube | News | MediumLinkedIn