Da época em que o Batman era Asa Noturna e o Superman era um vilão telepático

Uma história de origem do Batman e do Superman

Por: Ronaldo Matos

Batman Vs Superman é certamente um dos confrontos mais icônico entre heróis dos quadrinhos. Injusto por um lado, já que o Batman é apenas um ser humano. E Injusto por outro, porque o Batman não é qualquer humano.

Tempos antes deste dois personagens serem oficialmente apresentados (Superman em 1938 e Batman em 1939) e se enfrentarem no cinemas, existiram nuances sui generis deles.

Estas variações serão apresentadas a seguir e serão tratadas como sendo suas versões Originais, já que de alguma forma são as primeiras.

Superman Original

Em janeiro de 1933, Jarry Siegel e o ilustrador canadense Joe Shuster, os criadores do Superman publicaram um fanzine intitulado The Advance Guard of Future Civilization com a história The Reing of the Superman (O Reino do Superman). Esta história é creditada como a primeira aparição de um personagem com o nome “Superman”.

O primeiro Superman

The Reing of the Superman (1933)

O Superman de The Reing of the Superman nem de longe se parece com o nosso querido kryptoniano de capa vermelha. O Superman é um vilão telepático careca com traços que me lembram o Lex Luthor.

Editada (Fonte: Internet)

Nesta história, um cientista louco chamado Professor Ernest Smalley, seleciona um vagabundo de nome Bill Dunn para participar de experimentos em troca de comida. Os testes concedem a Dunn poderes telepáticos e grande ambição por poder, tornando-se o Superman.

Em sua busca pelo domínio mundial (sim, do nada agora ele quer mandar no planeta todo!) o Superman mata seu criador antes de descobrir que os poderes que lhe foram concedidos são apenas temporários. Ao final, os poderes se dissipam e Bill retorna ao esquecimento.

Superman, de vilão a maior herói de todos os tempos

Siegel e Shuster tentaram por alguns anos vender o personagem para várias editoras, mas não obtiveram sucesso. Apenas em 1938, o Superman já remodelado como um herói, foi publicado na revista Action Comics # 1, sendo um sucesso imediato.

O personagem já era bem mais parecido com o atual filho de Kripton dos dias modernos, porém nesta época, ele ainda não voava e não tinha pena de bater em pobres mortais. No enredo inicial ele foi achado por um motorista e mandado para um orfanato, esta versão ainda não incluía Martha e Jonathan Kent em sua biografia.

Batman Original

Oficialmente o Batman foi criado por Bob Kane e sua primeira aparição em um quadrinho foi na revista Detective Comics #27 em maio de 1939. Contudo, sete anos antes, um sujeito chamado Frank Foster havia criado um justiceiro mascarado de nome “Batman” e ofereceu à várias editoras, inclusive a DC, mas todas recusaram a ideia.

O Primeiro Batman

Batman de Frank Foster / Batman de Bob Kane

O conceito do Batman de Frank Foster era de um vigilando mascarado, que combatia a criminalidade sem o uso de poderes. Em desenhos e anotações de Foster na época, nota-se a escolha de dois nomes para o personagem. O primeiro seria “Batman” e a outra alternativa “NightWing” (Asa Noturna).

(Fonte: originalbatman.com)

Não obtendo sucesso na venda da ideia, ele desistiu!! Até que em 1939 viu sua criação sendo lançada em uma revista em quadrinhos. Sem recursos financeiros e conhecimento de como proceder, Foster nada fez. Falecido desde 1995, sentiu-se injustiçado durante toda a sua vida.

Bob Kane sempre disse que as inspirações para a criação do Batman foram, alguns desenhos de máquinas voadoras de Leonardo Da Vinci, o filme The Bat Whispers e o Zorro, mas ao que parece elas não foram as únicas.