Quando a história que inspirou um filme de terror é mais assustadora que a ficção

Conheça a história da garota que inspirou o filme Jennifer’s Body

Por: Ronaldo Matos

Em 2009, a atriz ♡ Megan Fox ♡ estrelou um filme de terror chamado Jennifer’s Body, cujo título brasileiro foi Garota Infernal. No longa, ela vive a estereotipada líder de torcida Jennifer Check, moradora de Devil’s Kettle, uma pequena cidade do interior dos Estados Unidos, que acaba sendo seduzida e enganada por membros de uma banda de Rock em busca de fama e sucesso rápido.

Sinopse Oficial

Jennifer é uma popular líder de torcida que, após ser possuída por um demônio, passa a seduzir e devorar os meninos da escola. Entretanto, sua melhor amiga descobre este segredo e fará de tudo para tentar proteger os garotos e principalmente seu namorado, o próximo alvo da sedutora Jennifer.

Esta pequena introdução e a sinopse explicam um pouco sobre a trama de Garota Infernal, não contarei mais detalhes para não ser o chato dos spoiler. Além do mais, a intenção não é falar sobre o enredo do filme, mas sim, sobre a história real que inspirou a produção.

Conheça o caso de Elyse Pahler

Em 1995, uma adolescente de 15 anos chamada Elyse Pahler foi assassina por Jacob Delashmutt, Joseph Fiorella e Royce Casey, três [insira um xingamento] que se diziam amigos da moça. Seus assassinos eram membros de uma banda de rock e atraíram a menina numa emboscada a fim de usá-la como parte de um ritual satânico, que (supostamente) lhes trariam sucesso profissional.

Elyse Pahler (Fonte: Internet)

O assassinato aconteceu na noite de 22 de julho de 1995, Elyse saiu de casa dirigindo-se a um encontro com amigos, infelizmente seus “amigos” tinham planos mais sombrios para a moça. Na cabeça dos jovens, eles necessitavam de uma virgem para sacrificar a Satanás e ela foi a escolhida.

Segundo informações do site Occult and Violent Ritual Crime Research Center, Elyse foi levada para um busque, lá teve um cinto enrolado no pescoço e foi esfaqueada após uma série de orações. No total ela foi alvejada 12 vezes e ao final seu corpo foi abandonado mo meio da floresta. Não bastando a crueldade da ação, seus executores ainda retornaram por diversas vezes ao local para manter relações sexuais com a garota morta.

Em 13 de março do ano seguinte, Royce Casey (um dos assassino) confessou o crime após se converter ao cristianismo. A notícia abalou apenas parte da cidade, já que muitos adolescentes tinham conhecimento do ocorrido, mas não denunciaram as autoridades por medo de represarias. Atualmente os três estão presos e os pais de Elyse veem tentando (sem sucesso) condenar também a banda thrash metal Slayer. Segundo eles os músicos “conscientemente distribuem material prejudicial a menores de idade”.

Nas alegações dos pais de Elyse, as músicas Postmortem e Dead Skin Mask, deram aos três assassinos, instruções detalhadas de como perseguir, violentar, torturar e trucidar a vida da menina. Até onde fiquei sabendo, o Slayer foi absorvido de todas as ações.

Como era de se imaginar, as consequências de um crime tão bárbaro se prologam por anos, o pai de Elyse inclusive, envolveu-se em um confusão pública por conta de excesso de raiva e na ocasião foi condenado a frequentar aulas para controlar a fúria.

O Albergue também foi inspirado numa historia real?

Um outro filme de terror que pode ter inspirações reais é Hostel de 2005 (O Albergue). Nele, turistas americanos viajam para a Europa em busca de prazer e acabam presos em um perigoso esquema de tortura.

Sinopse

Dois mochileiros universitários, que decidem viajar pela Europa em busca de experiências que entorpeçam os sentidos e a memória. Durante a viagem eles conhecem um islandês que passa a acompanhá-los. Seduzidos pelos relatos de outro viajante, eles decidem ir a um albergue particular em uma cidade desconhecida da Eslováquia que é descrito como um verdadeiro nirvana. Empolgados com as experiências novas que vivem, eles logo descobrem que nem tudo na cidade é a maravilha aparente.

O filme foi ambientado na Eslováquia e retratou o país como sendo um local cheio de diversão e lindas mulheres (sempre disponíveis), ou seja, perfeito para turismo sexual, por conta disto, o governo da Eslováquia e República Checa fizeram muitas críticas a produção. Consideraram que foram retratados como um local pobre, sem cultura e com alta taxa de criminalidade.

Polêmica a parte, especula-se que a inspiração real do filme, foram ocorrências oriundas do crime organizado na Tailândia, lá os moradores mais pobres das vilas, serviam de brinquedos de torturas, para quem pagasse mais.

Há quem afirme porém, que a verdadeira inspiração na concepção de O Albegue, foi uma investigação policial ocorrido na Índia. No caso em questão, foi descoberto a existência de um clube secreto, onde ricos negociavam crianças e adolescente para satisfazer prazeres sádicos.

Mesmo com todas estas especulações, tudo indica que as verdadeiras inspirações para Eli Roth foram outros filmes de terror não tão conhecidos, como por exemplo: Torso, Who Can Kill a Child? e One On Top Of Another.

Esses filmes são tão incrível e eles estão completamente ignorado pela crítica e fãs por nenhuma razão. Eles devem ser redescoberto e trazido de volta à vida. Todos eles tiveram algum efeito em mim e estes são todos os filmes que você pode realmente encontrar no DVD. - Eli Roth (Fonte: rottentomatoes.com)
One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.