Brilha

O vento dança com as folhas
Enquanto assovia
Silêncio, melodia 
Sem compor retas
Na coreografia

Olhares quietos
Como a lua que venceu o véu do dia
Faz sentir na pele
O quanto brilha?

Se aqui fosse outro país eu rimaria a nossa distância nesses versos, era só medir em milha.E o tempo que perdi com o mês antes do dia. Mas você gosta do Brasil,por que eu o faria?
Porque dessa fase no seu rosto?
Porquê você mingua?

Conto e reconto as possibilidades
Pergunto, presumo
As vezes sem necessidade 
-Desculpa-
Você tá aqui ou voltou pra sua cidade?

Monto e remonto minhas frases
-Ansiedade-
Nada pode ser menos que perfeito
Sabe quele papo sobre vaidade?

Mas não me julgue
Eu te respondi quando me você perguntou do que eu gostava:
Você também sente essa felicidade?