Benvindos a 2016!!

Esse não é um post de ano novo: só estou escrevendo por que vi uns twitts aleatórios na rede e bateu vontade^^

Volta e meia tenho de me esforçar para me lembrar: “estamos no futuro, é nada do que prometeram (pro bem e pro mal), mas, uau, estamos no futuro!”. Passamos o ano 2000, passamos por 2012 e o mundo não acabou ainda. Talvez tenha um meteorito mirando na gente, talvez algum dedo esteja se coçando para apertar o botão que libere o conteúdo dos silos, talvez quatro cavaleiros estejam terminando de dar comida e lustrar os quatro cavalos.

Talvez o mundo acabou, o mundo acaba constantemente aos poucos, o antigo dando lugar ao recente. Às vezes, o contrário.

(nota não relacionada: passei tempão procurando essa charge
na internet até descobrir que ela está aqui no blog
desde 2009)

Enfim, um dos motivos do texto é que ontem na internet ressuscitaram esse clipe aqui, de 1987:

Vá até 0:59 e verá o ano :P O cantor é Rick Springfield, que nem me lembrava que um dia existiu.

O outro motivo pra esse texto e pra se lembrar de 2016 da ficção também foi lembrado na minha timeline na altura da virada de 2015 pra cá: segundo o anime Evangelion o mundo acaba na virada do ano (ao menos segundo esse site aqui: http://evangelion.wikia.com/wiki/Timeline).
 Na minha opinião isenta de humildade, Eva é um anime extremamente superestimado (que inegavelmente mudou a indústria dos animes blablabla, mas a grosso modo Chris Claremont já fazia psicologismo de botequim de melhor qualidade vinte anos antes. E com bem menos frames!), mas confesso que me amarro na música de abertura do anime e na tocada no fim do mundo X)

legendas em vietnamita pra parecer mais culto, como todo fã cabeça de qualquer coisa

Já se falou demais de 21/10/2015 em De Volta Para o Futuro e não vou acrescentar mais nada à pilha, não agora. Exceto que ainda quero muito uma Pepsi Perfect pra coleção ;_;

…mas poucos se lembram que o futurista (e obscuro) Homem de Ferro de 2020 (tá chegando, galera!) teve uma história que dá um tico do background do personagem.
 O gibi é de 1986, mas passa em 29 anos no futuro: 2015.

Ele volta no tempo, troca porrada com o Homem-Aranha e no finalzinho é jogado de volta à sua época.

Spoiler: muita gente morre.

Falando em Marvel e sendo atrasado como sempre, é sempre bom lembrar que em 32 anos no futuro todos os mutantes serão presos e exterminados, pessoas com gene mutante recessivo estarão proibidas de terem filhos e a humanidade regredirá tecnologicamente por causa da ditadura dos Sentinelas.

Isso é, o futuro de 2013 :P

Pois é, Dias de um Futuro Esquecido, a história que foi vagamente transformada em filme (põe vagamente nisso) é de 1981^^

O que eu quero dizer com esse texto? Nada, só que até estou esperando o cometa que iria destruir a Terra em 1994 e até agora não passou:

Furão!

(texto originalmente publicado em: http://www.mushi-san.com/geladeira/2016/01/benvindos-a-201.php )

Show your support

Clapping shows how much you appreciated mushisan’s story.