Carta aberta aos músicos: Seja a mudança que você quer ver!

Nesses tempos tenebrosos de degradação da política, da economia, da sociedade e das artes em geral, precisamos parar, refletir, projetar e iniciar a mudança.
Muitas pessoas acreditam que a música, como uma forma de arte, deve brotar do coração, da alma, da mente. Não deixa de ser verdade. Mas há muito mais do que isso se você deseja ser um músico profissional.
Músico é uma profissão e como qualquer outra profissão, nem tudo é alma e coração. Há a necessidade de conhecer pessoas, trocar idéias, trocar informações, aprender com os outros, ensinar os outros, ou seja, é preciso INTERAGIR com o seu mercado.

Evitando essa interação, alguns pontos importantes para o desenvolvimento da classe musical não são conhecidos, como por exemplo:

O cachê que você ganha é honesto diante do mercado de outras regiões de sua cidade e/ou do Brasil? O que o músico que ganha bem fez para chegar nesse nível? O som e seu estilo é o que o mercado está precisando? Quais as referências musicais dos grandes músicos brasileiros e internacionais do seu instrumento? Quais as novidades em equipamentos para seu instrumento?
A resposta da maioria dos músicos para essas questões, envolve a comparação de valorização entre profissões, que o músico não é valorizado, o que adianta saber dessas coisas se o mercado é fechado (cheio de máfias, grupinhos, etc) blá blá blá.
Salvo algumas exceções, sim algumas, diante de todo o mercado musical brasileiro, nos vendemos por pouco, trabalhamos de graça para garantir outros trabalhos, não investimos em estudo, em conhecimento e ainda falamos mal um dos outros!!
Portanto, vamos parar de chorar e começar a agir. Seja a mudança que você deseja ver!
- Seja o melhor que você puder no seu instrumento.
- Participe de eventos de seu instrumento
- Invista em conhecimento, aulas, livros
- Se você tem algo a ensinar, ENSINE!
- Receba o conhecimento de outros profissionais com GRATIDÃO. Nem sempre aquilo pode ser útil para você naquele momento, mas pode ser no futuro!
- Não fale mal de colegas por motivos fúteis. Estamos todos no mesmo barco! Respeitar as diferenças é o primeiro passo para criar se união.
- Assista música ao vivo!! Isso é aprendizado! O Youtube ou qualquer outro tipo de mídia digital NUNCA irá substituir a experiência de ouvir música ao vivo.
- Prestigie o músico, mesmo que seja seu amigo, tente ao máximo PAGAR O COUVERT!! Você gastar o dobro do valor do couvert em cerveja e não remunerar seus colegas é para se sentir envergonhado como músico
- Não esqueça o real motivo pelo qual te fez virar músico ou tocar um instrumento: FAZER MÚSICA. Por isso, faça seus trabalhos que garantem seus rendimentos, mas não deixe de tocar música que você gosta!
Produza novos trabalhos, forme bandas, grave! A música precisa disso!

Se você é professor, sua responsabilidade é dobrada! Além de praticar essas atitudes, deve passar para frente, inspirando e incentivando seus alunos a fazerem o mesmo.

O mundo está em um estágio acelerado de degradação moral e artística e se não fizermos nada agora, nos arrependeremos no futuro. Portanto, SEJA A MUDANÇA QUE VOCÊ QUER VER!

Assinado: Music Builders

Like what you read? Give Music Builders a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.