Depois que crescemos

Nadine Guerra
Nov 10, 2015 · 2 min read

Crescer é algo inevitável e que acontece desde o primeiro segundo das nossas vidas. Quando você nasce, a primeira coisa que faz é chorar, logo, você aprende coisas que te fazem quem é e conforme o tempo passa você muda e evolui — ou não.

v.i. Aumentar.
Aumentar em tamanho, estatura: as crianças crescem rapidamente.
Aumentar em intensidade, duração: crescem as vozes dos aflitos.
Aumentar em volume, quantidade: o rio cresceu depois das chuvas.
Medrar: a grama cresceu no prado.
Fig. Investir contra alguém: zangou-se e cresceu sobre o adversário.

O que cada um aprende durante a vida pode ser compartilhado, depende da sua personalidade e do que foi aprendido. Muitos pegam para si os pequenos detalhes, as cores, cheiros e tudo que lembra o momento e a lembrança. Outros já deixam passar os momentos e guardam para si as “coisas importantes” que são mais ligadas aos deveres do que aos momentos.

Crescer é uma aventura.

Não importa quem é você, você cresceu. E cresce. Basta apenas saber se você conseguiu aproveitar cada momento vivido e se você conseguiu guardar o que te traz algo bom.

A vida é muito curta para esquecermos das coisas que realmente importam, das pessoas e das lembranças. Lembre-se que depois que crescer, a tendência é ter mais coisas à fazer e menos o que lembrar. Não é atoa que com o tempo perdemos a memória recente e lembramos mais do passado. Por isso, atente-se mais aos detalhes, converse mais com as pessoas, lembre dos que já estão com você e principalmente, viva a vida com calma.

Pois no dia em que você esquecer quem você é, será tarde demais.


Nadine Guerra, do

Nadine Guerra

Written by

uma designer que ama escrever