Eu e eu mesma daqui a 10 anos.

-

-Nada a ver.

- O quê?

- Esse desenho aí que você tá fazendo. Nada a ver com a realidade. Você não vai estar assim daqui a 10 anos.

- Como você sabe?

- Porque eu sou você. Daqui a 10 anos. (…) Que cara é essa?

- Sério? Eu vou ser assim?

- É…

- Cara, que óculos é esse?

- Eu venho do futuro e tudo que você tem pra me perguntar é “que óculos é esse?”?

- Tá… O que você tá fazendo aqui? Eu esperava ser uma pessoa bem ocupada quando fosse velha.

- VELHA?! Vamos direto ao assunto, antes que eu perca a paciência. Eu vim aqui pra facilitar a sua vida. Digo, nossa vida. Vocês, adolescentes, são muito dramáticos, e você não precisa passar por isso. Eu não preciso.

- Vamos fazer assim: quando você for falar de mim no futuro, você diz “eu”. Quando for falar de mim no presente, você fala “você”.

- Quê?

- Nada…

- Pra começar, esse menino aí desenhado na folha do lado… Nã-não.

- Por quê? A Vivi disse pra Ju que disse pra Mari que disse pra mim que ele tá a fim de mim. E ele parece o Nick Carter dos Backstreet Boys.

- O Nick Carter já foi preso por bater em uma mulher, tá gordo e ridículo. E esse menino vai ficar com a Aline na festa da Natália.

- O QUÊ? NÃO ACREDITO! AI, EU NASCI PRA SOFRER! EU VOU MORRER SOZINH…

- Cala a boca! Que vergonha! Olha, desculpa, eu só queria facilitar as coisas pra gente e te poupar dessa choradeira sem sentido. Quer uma boa notícia? Ano que vem você vai mudar de escola!

- Mudar de escola?! EU NÃO QUERO MUDAR DE ESCOLA! A MINHA VIDA É AQUI! AI MEU DEUS! EU VOU MORRER DE DEPRESSÃO!

- E eu ainda tenho a cara de pau de falar que não era uma adolescente chata…

- Eu não vou conhecer ninguém na escola nova! Eu vou ser aquelas meninas ridículas sem amigos que tomam lanche no banheiro! EU NÃO QUERO!

- Você vai mudar pra mesma escola que a Giu. E no primeiro dia você já vai conhecer a Gisele e a Maria. Tudo bem que depois de uma semana você vai odiar a Maria e… CALMA! Não faz essa cara, não chora de novo. Você também vai conhecer a Bruna, a Larissa, a Renata… Você vai ser amiga delas até hoje.

- A gente vai morar juntas em Nova York?

- Ahn…

- EU SABIA! Eu vou morar com a minha mãe até os quarenta! Não acredito que você deixou isso acontecer! Sempre foi nosso sonho morar fora! Eu sabia…

- Sossega. Eu moro fora desde os 18. Hoje eu moro com a Larissa em São Paulo, você acredita? Sua melhor amiga da escola!

- EU SEI LÁ QUEM É LARISSA!!!

- Você é muito, muito chata. Morar sozinha te fez bem. Amadurece, sabe?

- Pelo menos você e a Larissa dão festas todos os dias?

- Não… A gente trabalha, sabe como é.

- Pelo menos você é desenhista da Disney? Eu quero ser desenhista da Disney.

- Não, os planos mudaram um pouco… Mas a boa notícia é que, com o tempo, você vai começar a gostar de escrever também.

- O QUÊ? DESENHAR É A MINHA VIDA! VOCÊ ARRUINOU A MINHA VIDA!

- Cala a boca. Você já trabalhou com muitas coisas legais, se quer saber. Até já publicou um livro!

- Ah, é? Eu sou famosa?

- Não, achei melhor publicar como autora anônima. Mas pode ser que…

- Você é idiota?

- Acho que me arrependi de ter vindo aqui. Você é muito imatura.

- E você usa óculos ridículos.

- Então vê se fica menos no computador pra gente não ter problema de visão. E para de gastar com CDs, daqui a pouco eles nem vão existir mais. Guarda pra pagar a sua faculdade. E vê se aproveita bastante a faculdade, não deixe de ir pra praia com as suas amigas, não faz essa tatuagem que você tá pensando, desiste de andar de patins porque eu sou péssima, não fica na rua até tarde em 2006 porque você vai ter uma sinusite ferrada, fica esperta com o celular que você vai perder uns quatro, o Blink 182 não vem pro Brasil no fim do ano e…

- Muita coisa pra anotar.

- Tá. Vou embora antes que o shopping feche. Tenho muito dinheiro pra gastar.

- Sério?!

- Não. Tchau.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.