Intervalo

Recolha-te e toma teu tempo,
Tendo em mente que levas o meu
Sem atraso já te adianto:
O ponteiro aqui pára!
Volta a andar quando te vê

Hora ou outra disfarço a certeza,
Desfaço a cabeça e o nó aperta o peito
Meio sem jeito digo oi,
Carregado de tudo que já foi
E reticências para o que vier…