Três dias, três vezes você

E assim, muito diferente, vi num dia comum, lugar estranho, muita gente

Olhando, discretamente, como nenhum, sem ganho, sem ente

Corresponde, subitamente, o meu desejo, sem mais, para o mesmo

Se esconde, calmamente, um bocejo, fugaz, a esmo

Constrói, minucioso, afeto, perpétuo, melódico

Destrói, ocioso, sobre o teto, secreto, o corpo ódico

Queria, de verdade, saber, entender, o porquê

Havia, tarde, vontade de ver, sem doer, sabe o quê?

Sigo, insisto, sobriamente, em tudo, fortemente

Digo, assisto, veementemente, a esse absurdo, que se sente

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.