Designers: Parem de reclamar dos “sobrinhos”. O problema é você.
Paulo Tenorio Filho
44378

Sensacional, Paulo! Amei o texto e concordo demais com sua opinião. Eu sou uma designer que tem orgulho de dizer que já foi a típica sobrinha, continuo sendo, só que com uma margem de erro muito menor, graças à nunca ter desistido e às oportunidades que quase 10 anos de carreira e aprendizagem me proporcionou. Um abraço!

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.