“Back to bed” WITCHORIA

eu te dei a minha mão com cheiro de cerveja e cigarro e minha alma cheia de medo me perdoa se às vezes eu poupo as palavras pra falar como eu me sinto com você e não sei o que fazer depois que você chega porque eu to reparando o seu jeito de falar o seu jeito de me olhar eu não deveria estar com medo dos seus olhos castanhos imensos quando eles fitam meu rosto sério até eu não aguentar mais e rir porque até deus tava cansado de esperar pr’eu te encontrar e eu to cansada de chegar no fim dos dias sem você pra começar a minha noite o que eu quero agora é que cê venha comigo pra umas horas um mês um ano inteiro porque não existe outro lugar pra estar senão na ponta do seu travesseiro e eu nunca pensei no pecado quando o meu quarto é um universo e os nossos corpos seguem em direção um ao outro e o tempo para e o espaço deixa de existir e ainda tem seu brilho no chão do quarto no lençol lavado e no meu corpo. Você foi carnaval durante um mês inteiro e o resto do ano são só quartas-feiras de cinzas.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.