Nesse exato momento sinto uma agonia que mistura duas sensações ao mesmo tempo diferentes, mas ao mesmo tempo relacionadas. E eu com essa mania terrível seguir algo que eu sei exatamente onde vai parar. Primeiramente ter contato direto com a pessoa…Essa reaproximação acabou inevitavelmente ressurgindo meus sentimentos que eu passei muito tempo para bloquea-los. E eu não posso deixar que isso volte a aumentar. Preciso realmente me afastar. Saber dizer não. Desmarcar qualquer encontro. Porque por mais que eu racionalmente saiba que é só amizade, emocionalmente isso acaba se revertendo em sentimento além disso. E eu sinceramente não pretendo voltar a sofrer pela mesma pessoa que foi meu caos.

Por outro lado tem a moça que conseguiu mexer comigo. A moça por quem me envolvi por 6 meses, que me dediquei. A moça por quem eu decidi me afastar porque sentia que já era a hora antes de quebrar a cara. Passei um bom tempo afirmando que não estava sentindo saudades, mas ontem ao vê-la na tv isso acabou me abalando. Talvez juntando carência e uma terrivel sensação de solidão, a saudade veio certeira. Ah que saudade daquela pequena!

E no fim, a única coisa que sei que nenhuma das duas eu realmente vou ter algo. A primeira vai ser sempre a pessoa que eu gostei bastante, mas nunca vai me corresponder da mesma forma e a segunda …Bem…ela ainda é um mistério.

Sinto falta do que nunca tive. Sinto falta da reciprocidade de alguém.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.