it will pass sweetheart

lembrei; foi por causa dessa minha língua ENORME que o mar deu de revirar esta semana. foi bem ali, quando ela deixou claro que não é capaz de cumprir a sua simples tarefa de SE CONTER DENTRO DA BOCA e resolveu soltar, em meio a taças, queijos, risadas e a lua enorme de testemunha, uma dessas frases eloquentemente dispensáveis que envolvem falling in love e alguns adjetivos exagerados típicos desta mulher intensa e ridícula.

quer dizer, claro, há sempre o alcool como culpado primeiro por essas besteiras. e sim, tudo começou na verdade com o dobro de taças de vinho que eu sou capaz de beber.

mas o pior não foi isso. porque eu inclusive tive dedos e cérebro mais fiéis que conseguiram segurar vários impulsos sucessivos de te mandar uma mensagem. o pior foi a resposta que veio em seguida: “acho que ela não sabe disso não”

acho 
que 
ela 
não 
SA-
BE 
disso 
não??????

WHAT THE FUCK???????? isso não é sério não, né? como eu queria olhar nos seus olhos agora e ver você dizendo na minha cara uma coisa absurda dessas. seria uma ótima deixa pra eu dar um tapa na cara de alguém pela primeira vez na minha vida.

(sim, eu tô um pouco irritada agora).

mas daí que.. reality knocks the door. what for, não é mesmo? (e me perdoe mas estou no meio de uma maratona intensa de serie e tô fazendo um esforço pra escrever isso aqui em português — tem dramas que vêm até com a língua certa, sabe?). mas é isso. que diferença faz você saber o que eu senti ou não por você? não muda o rumo das coisas, certo?

eu estava bem nos últimos dias. podem ser bem bons os dias que eu não lembro que você existe (tá, sou eu de novo com esse drama thing, a vida é boa também quando eu lembro que você existe).tudo menos neste exato momento quando eu queria que você estivesse comigo.

it will pass sweetheart.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated naoditos’s story.